Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.826,08
    -413,95 (-0,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Google confirma que Pixel 5 e Pixel 4a 5G serão descontinuados

·2 minuto de leitura

Neste mês o Google confirmou a existência de seus novos smartphones topo de linha, o Pixel 6 e Pixel 6 Pro, dispositivos premium que terão todos os seus detalhes confirmados em breve. Além disso, o Pixel 5a 5G foi apresentado e já está disponível para compra nos Estados Unidos e Japão.

Agora, o gigante das buscas confirmou que com a chegada do novo intermediário, os Pixel 4a 5G e Pixel 5, modelo carro-chefe da empresa para 2020, serão descontinuados muito em breve. Eles permanecerão sendo vendidos apenas enquanto ainda houver estoque. Em alguns países, como os Estados Unidos, o site oficial da Google Store já não possui mais unidades deles disponíveis para compra, mostrando-os como fora de estoque.

Google Pixel 5a 5G (Imagem: Divulgação/Google)
Google Pixel 5a 5G (Imagem: Divulgação/Google)

Dessa forma, o Google abre espaço para a chegada do novo Pixel 6 e Pixel 6 Pro, ao mesmo tempo que tenta promover o Pixel 5a 5G nos países onde foi apresentado. Vale dizer que na Europa e outros lugares do mundo, o Pixel 4a em sua versão com suporte à rede 4G continuará sendo vendida, sendo uma opção de entrada para a linha de smartphones Pixel.

Quanto ao Pixel 6 e Pixel 6 Pro, os smartphones devem ser oficializados com tela de alta de taxa de atualização, chegando a 120 Hz, ambos com tecnologia OLED. Um dos destaques será a adoção de um novo processador desenvolvido pelo Google, conhecido como Tensor. Os smartphones devem, ainda, tem melhorias na câmera e, infelizmente, devem seguir o mercado e não trazer mais o carregador na caixa.

De qualquer modo, mais novidades sobre a linha Pixel devem ser reveladas em breve, visto que tradicionalmente o Google realiza um evento em outubro para revelar novos produtos, e que já marcou o início das vendas dos aparelhos para o outono norte-americano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos