Mercado fechado

Google compra divisão da HTC por US$ 1,1 bilhão

AFP/Arquivo/ Josep Lago

A gigante de tecnologia Google confirmou nesta semana a aquisição de uma parte da HTC. “De muitas maneiras, esse acordo é um atestado à história de uma década de trabalho em equipe entre HTC e Google”, declarou Rick Osterloh, vice-presidente de hardware do Google, em um comunicado.

De acordo com a agência Reuters, a aquisição da divisão de smartphones da empresa taiwanesa, responsável pela fabricação do Google Pixel, foi fechada em US$ 1,1 bilhão e deve incluir a propriedade intelectual da empresa e os 2 mil funcionários que trabalham por lá.

A HTC enfrenta, há algum tempo, dificuldades para manter seus resultados. Em agosto, por exemplo, os lucros caíram 54%, acumulando os US$ 100 milhões. Por esse motivo, a diretoria vinha pensando em maneiras de reestruturar suas operações. Essa é a segunda vez que o Google adquire uma fabricante de smartphones. Antes da empresa de Taiwan, a Motorola foi adquirida pela companhia – e revendida em 2014 para a Lenovo.

Com o acordo, a HTC deve permanecer com a área de realidade virtual, responsável pela fabricação do HTC Vive.