Mercado fechará em 4 h 56 min
  • BOVESPA

    118.397,62
    +1.017,12 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,06
    +0,29 (+0,55%)
     
  • OURO

    1.856,80
    +1,60 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    31.788,69
    -579,60 (-1,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    638,90
    -8,43 (-1,30%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.691,47
    +52,62 (+0,79%)
     
  • HANG SENG

    29.391,26
    -767,75 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.546,18
    -276,11 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.477,50
    +2,00 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5873
    -0,0489 (-0,74%)
     

Google completa aquisição da Fitbit por US$2,1 bi

·1 minuto de leitura
Relógio da Fitbit

BANGALORE, Índia (Reuters) - O Google completou a aquisição da fabricante de dispositivos vestíveis Fitbit por 2,1 bilhões de dólares, anunciaram as empresas nesta quinta-feira.

O acordo disparou preocupações sobre o poder de mercado do Google e o uso dos dados de saúde recolhidos pelos dispositivos da Fitbit em publicidade dirigida.

As empresas receberam aprovação da União Europeia para o negócio em dezembro, depois que o Google concordou em restringir como utilizará os dados de saúde recolhidos pelos dispositivos da Fitbit.

"Este acordo sempre foi sobre os dispositivos, não sobre dados, deixamos isso claro desde o início e vamos proteger a privacidade dos usuários da Fitbit", afirmou o Google em comunicado.

A Fitbit, que já foi líder no mercado de dispositivos vestíveis, perdeu mercado para Apple, Xiaomi, Samsung e Huawei nos últimos anos.

(Por Munsif Vengattil)