Mercado fechado

Google começa a liberar o preenchimento automático de códigos de segurança

Rubens Eishima

Sistemas de autenticação por dois fatores (2FA) aumenta a segurança do usuário. Mesmo assim, muita gente não gosta de utilizá-los por preguiça, desconhecimento ou então por achar que dificultam a vida. Para ajudar o último grupo, o Google começou a disponibilizar a opção de preenchimento automático dos códigos de segurança enviados por SMS no Android.

Muitos aplicativos e serviços já utilizam sistemas semelhantes, lendo automaticamente as mensagens de confirmação recebidas. Mas no caso da nova atualização do Google, trata-se de um serviço (API) integrado ao sistema Android, disponível para qualquer aplicativo no celular.

Opção já estava disponível no Android, mas não fazia nada (crédito: Rubens Eishima/Canaltech)

A opção para ativar o recurso até já estava disponível no sistema operacional, mais precisamente em uma atualização do Google Play Services de setembro de 2019, mas, até agora, a opção não tinha utilidade prática. Ela pode ser encontrada em “Configurações” > “Google” > “Preenchimento automático do código de verificação”.

Importante citar que o recurso requer que as configurações de preenchimento automático estejam ativadas em “Configurações” > “Privacidade” > “Preenchimento automático” (o nome e organização das opções podem variar conforme as personalizações da operadora ou fabricante do celular).

O recurso não está disponível para todos os usuários ainda e nem todos os apps são compatíveis com o serviço. Mas ele, basicamente, mostra uma opção de usar o código recebido no SMS para preencher o campo de autenticação. A opção não funciona ao tentar acessar algum serviço pelos navegadores do Android.

Importante destacar que sistemas de 2FA por SMS podem ser driblados com ataques de invasão do número/chip de celular. Por esse motivo, os especialistas recomendam usar um aplicativo ou token de autenticação.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: