Mercado abrirá em 3 h 15 min
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,91
    -3,18 (-3,45%)
     
  • OURO

    1.796,40
    -19,10 (-1,05%)
     
  • BTC-USD

    24.052,43
    -666,86 (-2,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    570,81
    -0,47 (-0,08%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.508,05
    +7,16 (+0,10%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.871,78
    +324,80 (+1,14%)
     
  • NASDAQ

    13.502,25
    -75,50 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1906
    -0,0129 (-0,25%)
     

Google Chat vai evitar que funcionários compartilhem dados sensíveis de empresas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Google Chat ganhou um recurso para impedir o vazamento de informações importantes ou dados sensíveis de empresas. Os administradores de rede poderão estabelecer regras para evitar o compartilhamento de mensagens para usuários não autorizados.

Os gestores podem entrar na área de configurações do Chat e criar uma regra para barrar o envio de informações específicas, como números de CPF, cartões de crédito, números de RG e similares. Será possível ajustar níveis de ações, como meros avisos e bloqueio total do envio de textos, anexos e arquivos do Drive.

As regras podem ser mais rígidas ou mais liberais, além de contemplar o tipo de conteúdo sensível desejado (Imagem: Reprodução/Google)
As regras podem ser mais rígidas ou mais liberais, além de contemplar o tipo de conteúdo sensível desejado (Imagem: Reprodução/Google)

O Google Chat também permitirá definir em quais locais a regra se aplica: conversas externas ou internas. É possível definir se isso valerá apenas para troca de mensagens individuais, bate-papo em grupo ou pelo Spaces.

Se alguma mensagem violar a regra, um aviso surgirá para avisar da impossibilidade de concluir o envio. O alerta fala que o conteúdo pode ter "conteúdo sensível" e que o compartilhamento de tais dados é proibido pelas políticas empresariais.

Preocupação com informações vazadas via Chat

O Google Chat vai bloquear mensagens com conteúdo sensível para informações críticas não vazarem (Imagem: Reprodução/Google)
O Google Chat vai bloquear mensagens com conteúdo sensível para informações críticas não vazarem (Imagem: Reprodução/Google)

Vazamentos de dados, acidentais ou maliciosos, são uma das principais preocupações de grandes, médias e até pequenas empresas. As regras de proteção de dados para o Chat ajudarão os administradores a criar uma estrutura mais forte em torno de dados confidenciais para evitar que informações pessoais ou proprietárias acabem em mãos erradas.

O recurso estará desativado por padrão e pode ser ativado no domínio. Para ativar, é preciso criar regras na área de Proteção de dados da central dos administradores da rede empresarial. Somente terão acesso os usuários do Google Workspace nas modalidades: Enterprise Standard, Enterprise Plus, Education Fundamentals, Education Standard, Education Plus, and the Teaching & Learning.

Por enquanto, a funcionalidade está rodando em modo beta aberta e deve levar até quinze dias para ser distribuída, o que significa que apenas os cadastrados no programa do Google poderão acessar. Concluídos os testes, é provável que o recurso chegue de modo estável para todos os usuários corporativos em algumas semanas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos