Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    62.363,05
    +948,18 (+1,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

Google bloqueia 99 milhões de anúncios que queriam lucrar em cima da pandemia

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
Simferopol, Russia - July 9, 2014: Google biggest Internet search engine. Google.com domain was registered September 15, 1997.
Google divulgou o Relatório de Segurança de Anúncios de 2020 na última terça-feira (16)
  • Google bloqueou 99 milhões de anúncios mal-intencionados em relação à pandemia da covid-19

  • Vacinas falsificadas e curas milagrosas chegaram a ser oferecidas

  • Em época de falta de máscaras N95, anúncios dela foram bloqueados

Na última terça-feira (16), o Google informou no Relatório de Segurança de Anúncios que em 2020 bloqueou 99 milhões de anúncios mal-intencionados que tentavam lucrar em cima da pandemia da covid-19, como propagandas de curas milagrosas e até vacinas falsificadas. As informações são do site 6 Minutos, do UOL.

Leia também:

“Em um contexto de tanta insegurança e incerteza, quisemos trazer um pouco de estabilidade para os usuários”, disse Filipe Gotardi, especialista em políticas de anúncios do Google Brasil.

Anúncios de N95

Também foram bloqueadas propagandas de máscaras N95 na época em que elas estavam em falta no mercado.

“Com relação às máscaras, por exemplo, percebemos que havia uma falta de disponibilidade global, então imediatamente bloqueamos anúncios no mundo todo. Depois das recomendações da OMS, liberamos para as máscaras de pano”, explicou.

Foram registrados 3,1 bilhões de anúncios bloqueados ou removidos no mundo inteiro em 2020 na décima edição do relatório, 24 vezes mais que os 130 milhões divulgados em 2011.