Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.440,98
    -3.131,96 (-5,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Google Assistente ganha mais uma opção de voz e outras novidades no Brasil

·2 min de leitura

O Google Assistente passará a oferecer a partir de agora a opção de alterar a voz no aplicativo para telefone celular, tablet ou dispositivos inteligentes. Basta dizer "OK, Google, mudar a voz do Assistente" para experimentar uma segunda opção de fala brasileira. Segundo o Google, para evitar esterótipos das assistentes virtuais, a empresa decidiu classificar as vozes em cores (vermelho ou laranja) em vez de adotar homem x mulher.

A partir de hoje, quem baixar o app poderá receber a nova voz como padrão, pois haverá uma probabilidade de 50% de chance. Já para os demais usuários será possível alternar entre ambas quando quiser e definir a favorita para ser estabelecida como a recorrente. No caso dos dispositivos inteligentes, o comando de voz deverá guiar a pessoa para a central de configurações do Google Home, no qual poderá fazer a troca.

Voz vermelha ou laranja? Você poderá escolher o tom favorito no Google Assistente (Imagem: Reprodução/Google)
Voz vermelha ou laranja? Você poderá escolher o tom favorito no Google Assistente (Imagem: Reprodução/Google)

"O objetivo do Assistente é ser uma ferramenta personalizada, e isso significa permitir que as pessoas possam escolher a voz mais adequada para elas. Por isso, é importante poder oferecer uma nova voz para conversar e ajudá-las a realizar as suas tarefas no dia a dia", explica a Head de Marketing do Google Assistente na América Latina, Maia Mau.

Como não poderia deixar de ser, há algumas ativações que permitem conhecer melhor o novo assistente:

  • "OK, Google, mudar a voz do Assistente."

  • "OK, Google, quem é você?"

  • "OK, Google, quem criou a sua voz?"

  • "OK, Google, descreva sua personalidade."

  • "OK, Google, o que você pode fazer?"

A voz da WaveNet

A nova voz do assistente foi desenvolvida pela DeepMind, empresa de inteligência artificial subsidiária da Alphabet, a proprietária do Google, e usa uma tecnologia chamada WaveNet. Por meio de uma rede neural de ondas sonoras, o sistema permite criar uma fala mais realista, sem aquele tom robotizado do passado, o que resulta em interações mais agradáveis e respostas naturais como em uma conversa entre dois seres humanos.

O Google explica que a WaveNet é tão poderosa que consegue criar uma voz do zero somente com o aprendizado de máquina, tendo como base 16 mil modelos de falas absorvidos por segundo para gerar conversas. A IA é capaz de realizar transições contínuas entre palavras e frases, em vez do modelo antigo que apenas costurava sons gravados por um único dublador.

A companhia é uma das pioneiras no segmento de inteligência artificial baseada em fala, razão pela qual as mudanças no Google Assistente chamam tanta atenção. Há pouco mais de um mês, foi liberada uma nova integração entre o YouTube e o Google Assistente que permite vídeos a partir do título, descrição e tags para entregar os resultados.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos