Mercado abrirá em 2 h 18 min
  • BOVESPA

    119.297,13
    +485,13 (+0,41%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.503,71
    +151,51 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,14
    +0,96 (+1,60%)
     
  • OURO

    1.742,60
    -5,00 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    64.115,83
    +1.529,11 (+2,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.381,89
    +87,90 (+6,79%)
     
  • S&P500

    4.141,59
    +13,60 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    33.677,27
    -68,13 (-0,20%)
     
  • FTSE

    6.898,86
    +8,37 (+0,12%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    -130,61 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.996,00
    +20,25 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8359
    +0,0047 (+0,07%)
     

Google Assistente deve ganhar nova função para registrar lembretes

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

O Google Assistente logo dará um “reforço” de memória para seus usuários. Na mais recente atualização para o app de pesquisas do Google, linhas de código flagradas em outubro de 2020 retornam e antecipam mais funcionalidades e o potencial propósito de uma ferramenta chamada “Assistant Memory”, que logo deve entrar em ação.

Diferente da conhecida função de “Lembrete”, o Assistant Memory será significativamente mais amplo e poderá atuar sobre vários tipos de mídia — anotações, lembretes, fotos, capturas de tela, links e outros — identificados e organizados por etiquetas, ativos até que sua finalidade seja devidamente atendida e informada pelo usuário.

Atalhos, registros e mais

As linhas de código descobertas pelo XDA Developers revelam algumas das funções do Assistant Memory do Google Assistente, incluindo a criação de atalhos, agilizar o acesso aos registros, adicionar à tela principal ou jogar memórias na lixeira. Disso, também é possível recuperar da lixeira recados antigos, algo que deve salvar os registros recentemente descartados pelo usuário.

De toda forma, a finalidade e a apresentação dessa ferramenta seguem um mistério. Há a possibilidade do Assistant Memory ser só parte dos lembretes, anexada ao Google Agenda, ou ser mais limitado do que as linhas de código apresentam. Com fotos anexadas aos lembretes, o usuário pode lembrar com mais facilidade e integrar informações importantes para a tarefa, e o mesmo aconteceria com a adição de links, vídeos, contatos ou localização. Ao alcance de um lembrete na área de notificações, a execução da tarefa fica muito mais ágil.

Por enquanto, o Assistant Memory foi catalogado como um “dogfood feature”, título atribuído normalmente aos recursos ainda em fases laboratoriais e que exigem autorização especial — cedida pelo Google — para serem acessados.

É um recurso ainda em teste, portanto não há previsão para seu lançamento. Além disso, seu comportamento em outros dispositivos — tal como o Google Mini — ainda é incerto: o dispositivo poderá registrar novas memórias? Quais tipos ele poderá marcar? Resta apenas aguardar por maiores novidades.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: