Mercado fechado

Google Assistente acumula mais de 1 bilhão de downloads, mas há um porém

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O aplicativo do Google Assistente há pouco alcançou 1 bilhão de downloads na Play Store — entretanto, há um porém: o "app" se trata, na verdade, de um mero atalho para o serviço nativamente integrado ao app Google. A assistente virtual foi incluída na loja há cerca de sete meses e já superou a marca memorável, mesmo que não seja necessário instalá-la para conversar com o assistente da gigante.

Atingir 1 bilhão de instalações na loja de apps do Android não é uma tarefa fácil, então é mais interessante que isso tenha acontecido com um mísero atalho. De certa forma, o enorme número de downloads também pode ser resultado da confusão sobre o nome e a real funcionalidade do programa distribuído na Play Store.

O Google Assistente baixável pela Play Store bateu 1 bilhão de downloads, mesmo sendo só um atalho (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
O Google Assistente baixável pela Play Store bateu 1 bilhão de downloads, mesmo sendo só um atalho (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Com o Google Assistente “instalado” pela Play Store, o usuário pode colocar um atalho para o assistente em qualquer lugar da tela, em vez de depender de gestos para interagir com ele. É somente para isso que ele serve, já que os recursos da inteligência artificial estão incluídos no Android por padrão — é só selecionar e segurar o botão de navegação “Home”.

Por se tratar de uma ferramenta nativa, o caminho para atingir o primeiro bilhão também foi facilitado. Prova de que isso é um facilitador é que todos os aplicativos incluídos no “clube de 10 bilhões de downloads” são do ecossistema Google — boa parte deles é instalado por padrão.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos