Mercado abrirá em 5 h 15 min
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,97
    +1,26 (+1,64%)
     
  • OURO

    1.646,60
    +13,20 (+0,81%)
     
  • BTC-USD

    20.245,61
    +1.336,83 (+7,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,35
    +29,25 (+6,75%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.063,84
    +42,89 (+0,61%)
     
  • HANG SENG

    17.890,53
    +35,39 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.499,50
    +183,25 (+1,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1991
    +0,0197 (+0,38%)
     

Google anuncia uso de cartões virtuais no Android e Chrome

Google anuncia uso de cartões virtuais no Android e Chrome
Google anuncia uso de cartões virtuais no Android e Chrome
  • Dispositivos Androids e o Chrome agora terão acesso a cartões de créditos virtuais;

  • O objetivo é evitar que os dados dos cartões físicos fiquem expostos;

  • O anúncio foi feito pela Google durante sua conferência anual.

Dispositivos Androids e o Chrome agora terão acesso a cartões de créditos virtuais, conforme anunciou a Google, nesta quarta-feira (11) em sua conferência anual, Google I/O 2022. Programado para ser lançado primeiramente nos Estados Unidos, o recurso tem como objetivo evitar que os dados dos cartões físicos fiquem expostos.

Se optarem por acessar a funcionalidade através do navegador, os usuários poderão fazê-lo tanto pelo celular quanto pelo desktop. É verdade que a modalidade já é oferecida por diversos bancos, porém, segundo a companhia, o público alvo são pessoas que querem uma camada de segurança a mais ao fazerem compras online.

O recurso funcionará no esquema 1-1 (um cartão será gerado por vez) e dispensará, por exemplo, a necessidade de inserir manualmente o código de segurança (CVV). Para realizar a transação, o cliente terá acesso a um número distinto de cartão e precisará apenas inserir detalhes de pagamento.

Entre junho e setembro, as primeiras bandeiras a receber a funcionalidade nos EUA serão: a Visa, American Express e Capital One. Já a bandeira mastercard deve se juntar às demais até o final do ano.

O gerenciamento dos cartões virtuais será executado pelo pelo domínio play.google.com, plataforma que possibilita ativar e verificar o número do cartão e consultar todas as transações realizadas. Segundo a companhia, mesmo que os usuários estejam usando dispositivos de terceiros e outros sistemas operacionais será possível utilizar os cartões.

Google expande função de logar sem senha, em parceria com a Apple e Microsoft

O esforço em conjunto das companhias vai ser traduzido, em breve, na possibilidade de usar o smartphone para fazer login em um aplicativo ou site em um dispositivo próximo, independentemente do sistema operacional ou navegador que esteja sendo usado. A novidade permite aos usuários acessar as plataformas utilizando da mesma ação normalmente usada para desbloquear o smartphone, como uma verificação de impressão digital, leitura de rosto ou PIN do dispositivo.