Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    32.136,32
    -522,37 (-1,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Google ajuda ex-aluno de Harvard a conseguir segundo unicórnio

Saritha Rai
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Glance, uma plataforma de conteúdo móvel do fundador do primeiro unicórnio da Índia, alcançou valor de mais de US$ 1 bilhão depois de concluir uma rodada de financiamento liderada pelo Google, de acordo com pessoas com conhecimento do assunto.

A unidade da Alphabet e a Mithril Capital, do bilionário Peter Thiel, investiram US$ 145 milhões na startup fundada há 18 meses, cujo aplicativo usa inteligência artificial para selecionar um feed personalizado de entretenimento, notícias, resultados esportivos e conteúdo de videogame e disponibilizá-lo nas telas de bloqueio de telefones, segundo comunicado. A Mithril havia investido anteriormente US$ 45 milhões na Glance, elevando o total de fundos levantados pela startup para US$ 190 milhões.

A Glance Digital Experience, com sede em Bangalore, é o segundo unicórnio do grupo que criou a InMobi, uma plataforma de marketing em nuvem que se tornou a primeira startup de tecnologia da Índia a atingir o marco. O grupo foi fundado por um veterano de startups de 43 anos, Naveen Tewari, ex-aluno do prestigioso Instituto Indiano de Tecnologia e com MBA da Harvard Business School.“A Glance marca uma inovação nascida na Índia no espaço da Internet do consumidor”, disse Tewari, diretor-presidente do grupo, em entrevista. “Assim como o Google domina as buscas, o YouTube domina o vídeo e o WhatsApp é o líder das mensagens, a Glance pretende dominar a tela de bloqueio”, disse durante conversa via Zoom de sua casa em Bangalore.A Glance atualmente tem 115 milhões de usuários ativos que passam, em média, 25 minutos no aplicativo diariamente. O aplicativo opera apenas no ecossistema Android e tem parceria com os principais fabricantes de aparelhos, como Samsung Electronics, Xiaomi, Oppo e Vivo.

Em parceria com o Google, a empresa planeja levar o produto para o resto da Ásia e lançá-lo nos Estados Unidos - onde fará parceria com operadoras - e na América do Sul em 2021, disse Tewari. A Glance está atualmente focada em adquirir usuários e acaba de começar a experimentar modelos de monetização baseados em anúncios, de acordo com Tewari.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.