Mercado fechará em 4 h 6 min
  • BOVESPA

    113.716,11
    +8,35 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.430,15
    -303,89 (-0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,11
    +2,00 (+2,27%)
     
  • OURO

    1.772,70
    -4,00 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    23.480,64
    +88,73 (+0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    560,30
    +2,57 (+0,46%)
     
  • S&P500

    4.285,89
    +11,85 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    33.979,22
    -1,10 (-0,00%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.552,75
    +59,50 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2452
    -0,0140 (-0,27%)
     

Google Agenda ganha recurso que ajuda a identificar campanhas de phishing

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Google anunciou um novo mecanismo de controle e segurança para o aplicativo Agenda, de forma a coibir o envio em massa de convites e a possibilidade de fraudes envolvendo o recurso. A partir desta semana, os usuários terão a opção de visualizar apenas os apontamentos enviados por contatos conhecidos, bloqueando todos os outros na lista de compromissos.

Com a novidade, ainda vai ser possível que os usuários do Google Agenda convidem qualquer outro, a partir do e-mail, mas os apontamentos somente serão adicionados se aceitos a partir da mensagem. A opção não será ativada por padrão, de forma a não comprometer o fluxo usual de usuários corporativos, mas uma vez que estiver disponível, poderá ser ativada por indivíduos e administradores por meio das configurações do serviço.

Os contatos conhecidos considerados pelo Google não são apenas aqueles com quem o usuário já trocou e-mails antes, como acontece no Gmail, por exemplo. Para essa filtragem, o app de Agenda também vai considerar pessoas da mesma organização ou domínio de e-mail, bem como a lista de contatos do utilizador.

<em>Convites recebidos por spam não serão mais adicionados automaticamente ao Google Agenda, ao contrário daqueles vindo de contatos conhecidos ou certicicados (Imagem: Divulgação/Google)</em>
Convites recebidos por spam não serão mais adicionados automaticamente ao Google Agenda, ao contrário daqueles vindo de contatos conhecidos ou certicicados (Imagem: Divulgação/Google)

A mudança vem para coibir, principalmente, o uso malicioso de convites para compromissos, muitas vezes utilizados por criminosos para disseminar links fraudulentos e tentativas de contaminação por malware. O problema é especialmente perigoso quando falamos, claro, de usuários corporativos, cujas redes são altamente visadas para roubo de dados e ataques de ransomware.

O novo recurso se une a outras modificações de segurança que o Google Agenda adicionou nos últimos anos, como mudanças no formato de aceite automático de convites e o bloqueio no carregamento de links e arquivos anexos. Medidas antispam disponíveis no Gmail e no próprio Google também estavam sendo usadas aqui, de forma a impedir que tais mensagens chegassem aos usuários na forma de compromissos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos