Mercado abrirá em 5 h 19 min

Goodyear anuncia pneu que dura 500 mil km

Novo pneu da Goodyear, criado a partir de um composto com 70% de sustentabilidade tem vida útil de 500 mil km. (Jared C. Tilton/Getty Images)
Novo pneu da Goodyear, criado a partir de um composto com 70% de sustentabilidade tem vida útil de 500 mil km. (Jared C. Tilton/Getty Images)
  • Pneu é criado a partir de materiais biossustentáveis, como carbono negro e casca de arroz;

  • Goodyear quer que novo modelo chegue aos mercados ainda neste ano;

  • Novo pneu ainda providencia uma maior economia de combustível.

A Goodyear, uma das maiores fabricantes de pneus do mundo, anunciou uma novidade que promete revolucionar o mercado: um pneu com durabilidade acima de 500 mil km. Os protótipos foram aprovados em todos os testes internos da empresa, assim como os das agências regulatórias que foram submetidos.

Até então, o avanço na tecnologia de pneus tem se dado a passos pequenos, com uma melhora nos materiais, na tração com o solo e na resistência a furos e vazamentos. Há décadas a vida útil de um pneu tem sido, no geral, a mesma. O modelo ainda melhora a resistência de rolagem, dando uma maior eficiência ao pneu e maior economia de combustível.

Para alcançar o feito, a Goodyear afirma ter mudado radicalmente o processo de fabricação de seus pneus. Das 17 matérias-primas utilizadas, 12 têm origem sustentável ou menor impacto ambiental quando comparados aos atualmente usados na produção de pneus.

Dentre eles estão o carbono negro, produzido a partir de metano, dióxido de carbono, óleo vegetal e óleo de pirólise, resultado de um processo de decomposição de matéria orgânia em ambientes sem oxigênio. Quatro tipos de carbono negros são utilizados nos pneus, em vez de vários produtos derivados do petróleo.

Outro ingrediente dos pneus é o óleo de soja, que ajuda a manter o composto de borracha flexível sob diferentes temperaturas. Este produto também substitui um derivado de petróleo. A Goodyear também utiliza poliéster reciclado a partir de garrafas, resinas de pinheiro biorrenováveis, e sílica de alta qualidade obtida a partir de resíduos da casca de arroz, produto que geralmente é descartado.

A empresa tem como planos introduzir novo pneu, que possui pelo menos 70% de materiais sustentáveis, ainda neste ano. “Continuamos a progredir rumo ao nosso objetivo de introduzir, em 2030, o primeiro pneu da indústria 100% fabricado com materiais sustentáveis”, referiu Chris Helsel, Vice-Presidente Sênior de Operações Globais e Chief Technology Officer.

“O ano passado foi fundamental para alcançar este objetivo. Investigamos novas tecnologias, identificamos oportunidades para mais colaborações, e utilizamos a tenacidade da nossa equipa não só para demonstrar as nossas capacidades para produzir um pneu com 90% de material sustentável, mas também para produzir um pneu composto em até 70% por material sustentável este ano. A nossa equipa continua a dar mostras da sua inovação e do seu compromisso para com a construção de um futuro melhor”.