Mercado fechará em 5 h 39 min
  • BOVESPA

    129.757,36
    +989,91 (+0,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.219,53
    +89,65 (+0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,76
    +0,91 (+1,25%)
     
  • OURO

    1.792,80
    +15,40 (+0,87%)
     
  • BTC-USD

    34.212,52
    +4.735,14 (+16,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    823,10
    +12,91 (+1,59%)
     
  • S&P500

    4.256,55
    +10,11 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    33.988,31
    +42,73 (+0,13%)
     
  • FTSE

    7.113,34
    +23,33 (+0,33%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.292,25
    +34,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9203
    +0,0005 (+0,01%)
     

Golpistas do LocalBitcoins são presos após fraude de R$ 679 mil

·2 minuto de leitura
Imagem: Adobe Stock
Imagem: Adobe Stock

O Grupo de Investigação Científica Criminal da Venezuela apreendeu dois suspeitos de fraudar mais de 36 pessoas na plataforma LocalBitcoins, roubando aproximadamente US $ 130 mil de várias vítimas (cerca de R$ 679 mil).

De acordo com o site CriptoNotícias, os suspeitos foram identificados como Alan Renier Amora Blanco, de 30 anos, e Guillermo Alberto Bello Mendoza, de 28 anos. Ambos foram presos no setor de El Paso, no município de Guaicaipuro no estado de Mirando.

De acordo com as informações da polícia, a dupla realizou os golpes através de transações falsas realizadas pela LocalBitcoins.

“A dupla realizou transações com cerca de 36 pessoas com o intuito da compra desta moeda virtual na página da LocalBitcoins. Os golpistas diziam às vítimas que eles tinham que realizar o pagamento antecipadamente de uma conta legal para uma conta pessoal. Com isso eles apreendendo o dinheiro de suas vítimas e depois cortando a comunicação com elas.”

A polícia explicou que durante as apreensões, foram apreendidos também diferentes equipamentos que podem ser usados como evidência. A polícia afirmou que foram apreendidos um computador, um roteador, dois telefones celulares e quatro mineradoras de criptomoedas.

Ainda de acordo com o site, a polícia não informou há quanto tempo os criminosos estavam aplicando golpes, mas eles conseguiram um total de US$ 136 mil dólares, que na taxa de câmbio atual está próximo de 422 bilhões de bolívares.

A notícia da prisão também foi divulgada nas redes sociais do Comissário de Polícia Local, com muitas pessoas respondendo que também foram enganados pelos golpistas da mesma forma, mas com a compra de Petros (PTR), a criptomoeda estatal da Venezuela que acabou não indo tão bem quanto o esperado pelo governo.

Ou seja, o dano causado para as vítimas pode ser muito maior.

Esses são alguns dos golpes mais comuns do criptomercado, em plataformas intermediárias ou não. Por isso é preciso tomar muito cuidado com como você compra as suas criptomoedas e com quem, sempre confie em locais confiáveis, principalmente dentro do mercado P2P.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos