Mercado fechará em 57 mins
  • BOVESPA

    116.276,04
    +141,58 (+0,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.986,31
    +556,56 (+1,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,36
    +2,73 (+3,26%)
     
  • OURO

    1.733,90
    +31,90 (+1,87%)
     
  • BTC-USD

    20.122,88
    +505,85 (+2,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    456,75
    +11,31 (+2,54%)
     
  • S&P500

    3.783,62
    +105,19 (+2,86%)
     
  • DOW JONES

    30.258,98
    +768,09 (+2,60%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.992,21
    +776,42 (+2,96%)
     
  • NASDAQ

    11.646,00
    +360,25 (+3,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1610
    +0,0871 (+1,72%)
     

"Golpe do Presente" se espalha pelo Brasil; saiba como se proteger

Um homem foi preso no Rio de Janeiro, acusado de tentar roubar mais de R$ 15 mil em uma fraude que foi batizada de “Golpe do Presente”. Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro (PC-RJ), o rapaz foi até a casa de uma idosa e disse que tinha um presente para entregar a ela, mas que seria necessário o pagamento de uma taxa de entrega no valor de R$ 15.

Mas na hora de digitar o valor do pagamento em uma maquininha de cartão é que veio a surpresa, com a digitação de um valor muito superior ao que havia sido combinado. Assim que a vítima viu o tamanho do rombo, denunciou o golpe à polícia. O homem foi preso em flagrante em Ipanema, na Zona Sul da capital fluminense, acusado de tentativa de estelionato.

A vítima notou o golpe ao ver uma notificação no celular, em que viu que o suspeito havia tentado passar o valor de R$ 15,5 mil em seu cartão de débito. A transação foi negada pelo banco por conta do alto valor. Ao ver a tentativa de golpe, a idosa ligou para a polícia e informou as características do veículo e do suspeito, o que permitiu a identificação e a prisão.

Como funciona o Golpe do Presente

Segundo a polícia, o homem faz parte de uma quadrilha especializada neste tipo de golpe, de acordo com as autoridades, o grupo criminoso possui um grupo no WhatsApp em que são trocadas informações sobre vítimas em potencial. Agora, os policiais vão investigar o grupo para buscar quem são os outros membros da quadrilha.

As investigações apontam que o suspeito trabalhava como entregador de aplicativos e usava o trabalho para prospectar potenciais vítimas para aplicar o “Golpe do Presente”. O homem é paulista e foi de São Paulo para o Rio de Janeiro para realizar a fraude. A moto usada nos crimes está sem placa e registrada em nome de um primo do rapaz.

Como se proteger do Golpe do Presente

De acordo com a polícia, o “Golpe do Presente” é bastante comum em outros estados, principalmente em São Paulo, mas está chegando ao Rio de Janeiro só agora. Para evitar cair neste tipo de situação, é importante ficar sempre atento na hora de fazer pagamentos com cartão, nunca esquecer de olhar o valor no visor da maquininha.

Também é importante verificar se o que está sendo digitado é realmente a senha ou o valor, muitos criminosos usam esse expediente para roubar decifrar a senha daquele cartão para um eventual clone. Por fim, é bom sempre pegar a via impressa da compra e se manter sempre vigilante, principalmente em relação a entregas que não foram solicitadas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: