Mercado fechará em 2 h 49 min
  • BOVESPA

    107.305,28
    -1.145,92 (-1,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.586,83
    +144,62 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,86
    +0,71 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.667,40
    -2,60 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    19.420,23
    -111,25 (-0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,90
    -2,08 (-0,47%)
     
  • S&P500

    3.632,16
    -86,88 (-2,34%)
     
  • DOW JONES

    29.144,07
    -539,67 (-1,82%)
     
  • FTSE

    6.881,59
    -123,80 (-1,77%)
     
  • HANG SENG

    17.165,87
    -85,01 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    26.422,05
    +248,07 (+0,95%)
     
  • NASDAQ

    11.174,75
    -381,00 (-3,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2766
    +0,0440 (+0,84%)
     

Golpe do Presente: 8 dicas para não ser enganado

Depois de se popularizar em São Paulo, o “Golpe do Presente” começou a se espalhar para outros estados do Brasil, como o Rio de Janeiro. Apesar de parecer um golpe relativamente simples e fácil de se evitar, a perspicácia dos criminosos faz com que esse tipo de fraude se espalhe, causando preocupação às pessoas e instituições bancárias.

Nesta fraude os bandidos aparecem na porta da vítima, em alguns casos, em datas comemorativas, como o Dia dos Namorados ou o aniversário da vítima, se fingindo de motoboy e dizendo que têm um presente para elas. Este brinde pode ser um bolo, uma cesta de café da manhã, uma garrafa de vinho, ou outros produtos, que teria sido enviado como uma surpresa.

Como o Golpe do Presente funciona

Depois que a encomenda é entregue, o golpista diz que é necessário pagar uma pequena taxa de entrega, que só pode ser paga via cartão de crédito ou débito. No momento do pagamento, é apresentada uma maquininha com o visor danificado, com a justificativa de que o aparelho caiu e ainda não foi possível fazer a troca.

Na hora de passar o cartão, o golpista digita um valor muito mais alto do que o que foi informado anteriormente. Caso o banco libere a transação, a pessoa só vê que caiu em um golpe depois, quando verifica a conta bancária. Nesse momento, o golpista já está longe, provavelmente, tentando fazer uma vítima.

Oito dicar para não cair no Golpe do Presente

Para não cair no golpe do presente, é necessário tomar alguns cuidados, como não aceitar passar seu cartão em uma maquininha de cartões em que não seja possível verificar o valor no visor, por exemplo. Confira oito dicas para se manter seguro.

1- Sempre desconfie do recebimento de surpresas. Embora seja comum que pessoas próximas enviem presentes de aniversário, por exemplo, em geral, as empresas que fazem a entrega já cobram a taxa do remetente, não do receptor;

2- Os criminosos usam as redes sociais para levantar os dados de vítimas em potencial, por isso, evite expor suas informações pessoais nesse ambiente, principalmente em canais desconhecidos, o que pode facilitar o roubo desses dados;

3- Além de não aceitar realizar pagamentos em maquininhas com danos no visor, sempre olhe com bastante atenção o valor a ser pago;

4- Peça a sua via do comprovante de pagamento e ative as notificações de push do aplicativo do seu banco em seu smartphone;

5- Preste bastante atenção ao inserir a senha e veja se está digitando no local correto;

6- Não permita que ninguém observe o teclado no momento em que você estiver digitando sua senha;

7- Dê preferência a pagamentos online, como o Pix, caso o entregador informe que não é possível, desconfie, isso reduz o risco de contato equivocado em uma maquininha suspeita;

8- Sempre esteja informado sobre quais golpes estão na praça e compartilhe essas informações com familiares e amigos, principalmente os idosos, que são as maiores vítimas em potencial para este tipo de golpe.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: