Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    50.979,10
    +3.219,20 (+6,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Golpe no Twitter usa rosto de Elon Musk para roubar US$ 587 mil em Bitcoin

Ramon de Souza
·2 minuto de leitura

Se precisássemos eleger a figura mais utilizada no mundo do cibercrime para promover golpes, o eleito certamente seria Elon Musk, dono da Tesla e da SpaceX. O rosto e o nome do empresário é constantemente empregado por estelionatários na hora de projetar armadilhas para internautas desatentos — isso provém do simples fato de Musk ser um tanto endinheirado e excêntrico.

O fato é: como percebido pela equipe do site Bleeping Computer, uma quadrilha está novamente usando a imagem do empreendedor para disseminar mais um golpe para afanar criptomoedas. Desta vez, porém, os criminosos estão efetivamente invadindo contas verificadas (ou seja, que ostentam o famoso “selo azul”), mas que, por qualquer motivo, estão há tempos abandonadas por seus donos originais.

Uma vez de posse de tais perfis, os estelionatários respondem a tweets legítimos de Elon Musk, agradecendo-o por supostamente torná-los ricos por meio de uma promoção de doação de Bitcoins. A mensagem acompanha um link para um artigo na plataforma Medium, que promete à vítima uma rápida contrapartida no valor do dobro do valor transferido em criptomoedas para a suposta carteira de Musk.

<em>Imagem: Reprodução/BleepingComputer</em>
Imagem: Reprodução/BleepingComputer

O valor mínimo seria de 0.05 BTC (equivalente a R$ 9 mil na cotação atual) e o máximo de 20 BTC (ou absurdos R$ 3,8 milhões). Na teoria, basta fazer a transferência para receber o valor dobrado e ficar duas vezes mais rico! Muito bom para ser verdade — e, como qualquer golpe cibernético, não é. Nem o empresário, a Tesla e ou a SpaceX estão doando Bitcoins; a carteira divulgada (que muda de tempos em tempos) não pertence à Musk.

<em>Imagem: Reprodução/BleepingComputer</em>
Imagem: Reprodução/BleepingComputer

Ao Bleeping Computer, analistas da Malware Hunter Team afirmaram que contas verificadas inativas no Twitter viraram um alvo para criminosos desde que a rede social parou de distribuir os selos azuis. “Pelo menos duas ou três [contas] estavam ativas dentro de algumas semanas a alguns dias, das quais as atividades recentes não pareciam ser do proprietário original, mas não pudemos verificar”, afirmam os especialistas.

Ao rastrear as transferências recebidas pelas carteiras usadas pelos golpistas, foi possível chegar à conclusão de que, só ao longo desta última semana, eles lucraram nada menos do que US$ 587 mil (R$ 3,1 milhões na conversão direta) em criptomoedas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: