Mercado abrirá em 4 h 10 min
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,75
    +1,26 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.775,80
    -2,40 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    42.415,64
    -988,74 (-2,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.056,19
    -7,66 (-0,72%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.043,08
    +62,10 (+0,89%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.076,00
    +52,00 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1771
    -0,0020 (-0,03%)
     

Golpe do FGTS: criminosos usam saque emergencial para roubar senhas

·1 minuto de leitura
Hand of man typing text on mobile smartphone. Online  chat chatting on application communication digital media website and social network.
Ação dos golpistas acontece por meio de e-mail e WhatsApp
  • Criminosos criaram golpe sobre saque emergencial do FGTS

  • Golpistas pedem informações por meio de mensagens no WhatsApp ou e-mail

  • Saque emergencial nem foi liberado em 2021

O saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) nem foi liberado em 2021, mas criminosos criaram um golpe para tentar se aproveitar de quem precisa de um dinheirinho extra em meio à crise provocada pela pandemia da covid-19. As informações são do Brasil Econômico. 

Leia também:

Como funciona

Por meio do WhatsApp ou e-mail, uma mensagem anuncia que já está disponível o saque do fundo em junho e leva as vítimas a compartilhar senhas e informações bancárias. 

A partir de então, os golpistas podem tentar sacar dinheiro do fundo e até pedir empréstimos, solicitar benefícios sociais e abrir contas falsas em bancos.

A Caixa Econômica Federal disse ao jornal Folha de S.Paulo que não entra em contato por meio desses canais de comunicação, nem pede senhas e informações. A instituição também afirma que não pede que beneficiários acessem links de cadastro e, em caso de dúvida, orienta clientes a entrar em contato por meio das centrais de atendimento, do aplicativo e até das agências. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos