Mercado fechará em 2 h 39 min

Golpe de empréstimo envia fotos íntimas da vítima a amigos e familiares

Golpe de empréstimo envia fotos íntimas da vítima a amigos e familiares. (Getty Images)
Golpe de empréstimo envia fotos íntimas da vítima a amigos e familiares. (Getty Images)
  • Golpe: Apps fraudulentos de empréstimo estão montando falsas imagens pornográficas dos devedores;

  • Fotos editadas são enviadas aos amigos e familiares das vítimas;

  • Estima-se que ao menos 94 apps de empréstimo pratiquem o doxxing no México.

Aplicativos fraudulentos de empréstimo, usados por cidadãos do México, estão divulgando imagens pornográficas falsas das vítimas. Ao serem editadas, as fotos inserem o rosto do devedor no corpo de outra pessoa e, então, são enviadas a amigos e familiares.

O caso foi relatado no site Rest of World e citou como exemplo o caso de uma mulher chamada Maria. Por não conseguir empréstimo em bancos, ela recorreu ao aplicativo SolPeso, que exigiu a apresentação de dados salvos em seu celular, incluindo a lista de contatos. No entanto, a empresa transferiu uma quantia menor do que a solicitada e ainda cobrou devolução antecipada.

Para cumprir com o prazo e refinanciar a dívida, Maria buscou outros aplicativos, como Rápikrédito, Super Peso, LoanLaLa, Money Flash e iFectivo. Este último enviou a todos os seus contatos, incluindo sua filha de 13 anos, a foto de uma mulher nua com seu rosto. A mensagem dizia que a cliente se tornou uma prostituta para pagar as dívidas.

Paraíso das fraudes

De acordo com as vítimas e ativistas de direitos digitais, o México tem uma profunda lacuna na lei e a omissão de órgãos reguladores deixam os consumidores nas mãos de golpistas. Somente a educação financeira tem conseguido enfrentar tais crimes.

Isso porque, segundo a Condusef, plataforma oficial do governo mexicano para fraudes financeiras, só é possível atuar em casos que envolvem instituições registradas. Isso quer dizer que, na situação criada pelos aplicativos sem registro, não há muito o que ser feito.

Estima-se que ao menos 94 apps de empréstimo atuem no México com o chamado doxxing, prática virtual que dissemina os dados privados de um indivíduo. Desses, 35 estão disponíveis na Play Store, loja de aplicativos do Google para Android.

Com informações do TecMundo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos