Mercado abrirá em 2 h 46 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,35
    +0,91 (+1,10%)
     
  • OURO

    1.783,10
    +17,40 (+0,99%)
     
  • BTC-USD

    62.203,58
    +458,38 (+0,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,68
    +2,04 (+0,14%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.206,51
    +2,68 (+0,04%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.331,00
    +40,50 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4123
    +0,0208 (+0,33%)
     

Golpe da Casa de Praia engana usuários com falsos anúncios de imóveis

·2 minuto de leitura

O brasileiro já está voltando a sonhar com viagens de fim de ano, graças ao avanço da vacinação e os números atualmente otimistas da pandemia. Porém, para quem pretende passar as férias em casas alugadas, é melhor tomar cuidado com anúncios falsos na internet.

No chamado "Golpe da Casa de Praia", golpistas estão clonando anúncios de imóveis disponíveis na internet e se passando pelos proprietários. Eles pegam todo material disponível da casa, como vídeos e fotos, e criam um anúncio com as informações de contato deles.

Os interessados entram em contato, e então a negociação do aluguel ocorre, com preços atraentes. Porém, o responsável pelo golpe sempre dar desculpas para não mostrar nada do imóvel além do que está no anúncio.

Por fim, após o pagamento, na maioria dos casos realizado via Pix, o golpista some, deixando os interessados sem dinheiro e sem o acesso ao suposto imóvel.

Golpe do Aluguel em alta

<em>Um dos anúncios utilizados no Golpe da Casa de Praia. Como se parece como qualquer outra oferta autêntica, o jeito é seguir recomendações como confirmar a existência do imóvel no local informado, e conseguir o máximo de informações junto ao próprietário, inclusive uma possível visita ao local. (Imagem: Reprodução/Imóvel Web)</em>
Um dos anúncios utilizados no Golpe da Casa de Praia. Como se parece como qualquer outra oferta autêntica, o jeito é seguir recomendações como confirmar a existência do imóvel no local informado, e conseguir o máximo de informações junto ao próprietário, inclusive uma possível visita ao local. (Imagem: Reprodução/Imóvel Web)

Nas últimas semanas, segundo informado por matéria do Jornal da Band, as delegacias de São Paulo registraram dezenas de boletins de ocorrência de vítimas do chamado “Golpe da Casa da Praia”. Porém, o crime não é novo, com relatos de ocorrências dele no Rio de Janeiro em setembro de 2020, com o nome de "Golpe do Aluguel"

Nas ocorrências do ano passado, o método usado pelos criminosos era o mesmo, com clonagem de anúncios legítimos e, após a realização de algum pagamento para o golpista, ele sumia, sem entregar chaves ou qualquer outra resposta para as vítimas.

Para as vítimas conseguirem se prevenir deste golpe, as autoridades policiais recomendam os seguintes cuidados:

  • Desconfiar de aluguéis com valor muito abaixo do encontrado no mercado;

  • Confirmar a existência do imóvel no local informado;

  • Se possível, vá ou peça para alguém ir até o local para que tenha contato direto com o proprietário, evitando o que os únicos contatos sejam pela internet;

  • Se for alugar através de corretoras ou sites, procure por plataformas que possuem garantias e proteção para pagamentos, e redobre o cuidado em sites de classificados em que não há intermediação de empresas;

  • Não efetue pagamento antecipado sem se certificar que o imóvel existe e que tratou diretamente com o proprietário. Na dúvida, não feche negócio;

Em caso de dúvidas, ou caso tenha sido vítima deste golpe, procure uma Delegacia de Polícia para que as devidas providências possam ser tomadas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos