Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.049,95
    -84,51 (-0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.074,28
    +644,53 (+1,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,10
    +2,47 (+2,95%)
     
  • OURO

    1.733,40
    +31,40 (+1,84%)
     
  • BTC-USD

    20.178,52
    +618,07 (+3,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    457,75
    +12,32 (+2,77%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,29 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.992,21
    +776,42 (+2,96%)
     
  • NASDAQ

    11.653,25
    +367,50 (+3,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1607
    +0,0868 (+1,71%)
     

Golpe do Contato Quente: bandidos prometem limpar nome no Serasa

Um tal “contato quente” no Serasa é a nova artimanha dos criminosos para obter pagamentos indevidos dos cidadãos. Por meio de publicação em redes sociais ou comentários, os golpistas indicam serem capazes de limpar o nome das pessoas a partir de um amigo na instituição, mas para isso, enviam boletos de cobrança com taxas para que o serviço seja realizado.

A fraude foi assunto de um alerta da própria instituição, que também cita casos em que a promessa é de manipulação do Serasa Score, indicador que indica a saúde financeira dos cidadãos. Além desta, uma terceira via de fraude envolve a venda de manuais de melhoria na pontuação, que são fornecidos de graça no site oficial.

A organização aponta que os comentários indicando o tal “contato quente” são feitos em diferentes páginas e sites da internet, de diferentes assuntos e nem sempre relacionados a finanças. A ideia é atingir o maior número de pessoas possível, com o método sempre sendo a chamada para uma conversa privada, onde ocorre o convencimento da possível vítima e a cobrança de valores para um serviço que claro, nunca acontece.

Segundo o Serasa, entre maio e junho deste ano, houve um aumento de 190% nas menções a “contato quente na Serasa”. A instituição também trabalha para retirar do ar páginas, postagens e comentários que apliquem esse golpe, com 291 ocorrências eliminadas de janeiro a julho deste ano — o acumulado a partir de setembro ultrapassa a marca das 1,5 mil remoções em plataformas como Facebook e Instagram, principalmente.

O órgão pede que os cidadãos não acreditem em ofertas desse tipo. A única maneira de limpar o nome no Serasa é acertando as dívidas com os respectivos credores; não existem taxas adicionais para resolver tais pendências, enquanto a pontuação do Score é feita por meio de algoritmo, de maneira automática e a partir de diferentes atributos financeiros, sem possibilidade de manipulação.

A recomendação também envolve o não pagamento de boletos e eventuais tarifas que sejam cobradas pelos criminosos para uma suposta limpeza do nome. A instituição orienta, ainda, a leitura de manuais e publicações que estão disponíveis no site oficial, que auxiliam no entendimento do sistema e na busca por maior saúde financeira.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: