Mercado abrirá em 7 h 18 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,35 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,43 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,88
    +0,12 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.786,40
    -0,40 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    23.896,38
    +512,70 (+2,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,92
    +15,05 (+2,77%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,07 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.482,37
    +42,63 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    20.110,08
    +64,31 (+0,32%)
     
  • NIKKEI

    27.986,97
    -262,27 (-0,93%)
     
  • NASDAQ

    13.215,50
    +32,25 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2117
    +0,0023 (+0,04%)
     

Golpe afeta usuário da plataforma cripto Uniswap e causa US$ 8 mi em prejuízo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Um ciberataque conseguiu enganar um usuário da plataforma cripto Uniswap V3. Os criminosos utilizaram a técnica de phishing. A ofensiva foi possível graças a promessa de um airdrop, uma espécie de distribuição gratuita de tokens. A vítima acreditou ser uma ação legítima de uma empresa do mercado cripto, clicou no link falso e deu acesso à carteira para os bandidos roubarem aproximadamente US$ 8 milhões (R$ 43 milhões).

Segundo uma publicação no Twitter no dia 12, um analista de segurança divulgou que mais de 73.000 carteiras conectadas à plataforma Uniswap receberam um token falso. Ao interagir, a vítima foi direcionada para uma página semelhante ao da organização. No site ilegítimo haviam detalhes sobre o envio de tokens UNI para os investidores que estivessem provendo liquidez para a exchange descentralizada.

A vítima não percebeu que era um ataque de phishing e deu permissão para que seus criptoativos fossem transferidos para a carteira do criminoso. É possível conferir as transações realizadas para o endereço de destino por meio site Etherscan, que detectou transferência de US$ 8 milhões em tokens Wrapped Bitcoin (wBTC). O wBTC é um token Ethereum lastreado no preço do Bitcoin. Não é um Bitcoin de verdade, mas sim um token ERC-20 com preço igual ao da primeira criptomoeda.

O wBTC que foi roubado no ataque de phishing envolvendo a Uniswap, é um token sintético do Bitcoin. Ele é um token ERC-20 cujo valor é lastreado no preço do BTC (Imagem:Reprodução/envato/jirkaejc)
O wBTC que foi roubado no ataque de phishing envolvendo a Uniswap, é um token sintético do Bitcoin. Ele é um token ERC-20 cujo valor é lastreado no preço do BTC (Imagem:Reprodução/envato/jirkaejc)

O golpista transferiu os tokens para diversas outras carteiras. Os ativos roubados foram enviados para o Tornado Cash, uma plataforma que usa um contrato inteligente para aceitar depósitos de tokens da rede Ethereum. Ele costuma ser usado para lavar criptomoedas obtidas ilegalmente.

Horas após a divulgação dos problemas envolvendo usuários da Uniswap, o fundador da Binance, Changpeng Zhao, publicou no Twitter sobre uma possível falha na exchange descentralizada.

Pouco tempo depois o CEO da plataforma também recorreu à rede social para publicar que o problema em questão foi devido um ataque de phishing e não uma falha no funcionamento da plataforma.

Na rede social, o fundador da Binance, recebeu críticas por divulgar o acontecido sem antes se informar acerca da situação que, na verdade, envolvia um ataque de phishing — e que a plataforma não tinha culpa. Changpeng Zhao, fundador da Binance, desculpou-se logo depois e deixou o alerta sobre clicar em links.

Mesmo após os esclarecimentos, o preço do token UNI desvalorizou mais de 10%, no momento da escrita ele está sendo negociado por US$ 6,20 (R$ 33).

O que é a Uniswap e como ela funciona?

A Uniswap é uma exchange descentralizada, também conhecida por DEX, uma plataforma de negociação de criptoativos que funciona através dos smart contracts (sistemas para executar transações automaticamente) da rede Ethereum. Os próprios usuários são responsáveis por fornecer liquidez para que as transações ocorram.

Ela funciona com um sistema chamado pools de liquidez ou "liquidity providers" (provedores de liquidez). Qualquer um pode fornecer liquidez ao depositar na pool seus tokens para que os traders utilizem esses ativos e em troca paguem uma taxa que é repassada para os provedores de liquidez.

Como utilizar o Uniswap

  1. Acesse o site da plataforma;

  2. Conecte a sua carteira, desde que seja compatível com a rede Ethereum;

  3. Selecione o token que você tem na carteira e quer trocar;

  4. Selecione o token que deseja receber na troca;

  5. Clique em Swap;

  6. Confira as informações da transação;

  7. Confirme a transação;

  8. Aguarde a confirmação da transação de troca na blockchain Ethereum;

  9. Confira na sua carteira a transação de troca.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos