Mercado fechará em 3 h 15 min
  • BOVESPA

    113.674,48
    +391,80 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.548,16
    +442,45 (+0,87%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,51
    +1,53 (+2,07%)
     
  • OURO

    1.753,40
    +1,70 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    43.120,71
    -143,61 (-0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.071,82
    -29,69 (-2,70%)
     
  • S&P500

    4.444,11
    -11,37 (-0,26%)
     
  • DOW JONES

    34.921,53
    +123,53 (+0,35%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.147,50
    -171,25 (-1,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2708
    +0,0152 (+0,24%)
     

Goldman Sachs voltará 100% ao escritório no Reino Unido

·1 minuto de leitura
Goldman Sachs está com quase a totalidade dos funcionários vacinados e entende que esse é o momento para que todos possam estar de volta. 2010. (REUTERS/Brendan McDermid)
  • Banco de investimentos retornará suas atividades ao escritório central de Londres

  • Máscara e testes seguirão em vigor durante esse retorno

  • Empresas de tecnologia nos Estados Unidos estão tomando outra direção

Goldman Sachs, um dos maiores bancos do mundo, decidiu que voltará 100% fisicamente ao escritório de Londres na próxima semana. A companhia está com quase a totalidade dos funcionários vacinados e entende que esse é o momento para que todos possam estar de volta.

“Encorajamos aqueles de vocês que ainda não tiveram a oportunidade de estar no escritório a falar com seu gerente sobre isso”, dizia o memorando. O banco manterá o uso de máscaras nas áreas comuns e um programa de testes obrigatório em vigor.

Leia também:

O Goldman também encerrará as refeições gratuitas no escritório a partir de 20 de setembro "para incentivar o apoio dos restaurantes e empresas locais que reabrem ao nosso redor". O escritório do banco está localizado no centro de Londres, um dos locais onde os comércios de rua mais sofreram com as restrições da pandemia.

Google puxa fila de empresas que adiaram retorno aos EUA

O Google está adiando o retorno de seus funcionários ao escritório, pela terceira vez, conforme a variante delta altamente contagiosa do vírus Covid-19 se espalha. O CEO Sundar Pichai anunciou em um memorando que a nova data é 10 de janeiro.

Várias outras empresas de tecnologia, incluindo Amazon, Facebook e Apple, também estão reavaliando seus planos de retorno ao escritório.

Pichai disse que a extensão oferecerá aos trabalhadores mais flexibilidade. Depois de 10 de janeiro, a empresa permitirá que diferentes países e locais decidam quando encerrar as condições de trabalho voluntário em casa com pelo menos 30 dias de antecedência. O Google ajustou continuamente suas políticas de local de trabalho relacionadas à COVID-19 com base nas recomendações de especialistas em saúde do governo de vários locais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos