Mercado abrirá em 2 h 14 min
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,94
    -1,56 (-1,72%)
     
  • OURO

    1.764,50
    -6,70 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    21.716,67
    -1.796,76 (-7,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    516,41
    -41,32 (-7,41%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.547,54
    +5,69 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,81 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.395,25
    -128,00 (-0,95%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2209
    +0,0071 (+0,14%)
     

Goldman Sachs prevê bitcoin valendo R$ 570 mil em cinco anos

·2 min de leitura
Goldman Sachs disse em um relatório esta semana que o bitcoin pode mais que dobrar, para um pouco mais de US$ 100.000 (R$ 570 mil) por moeda, nos próximos cinco anos. (REUTERS/Dado Ruvic/Illustration) (REUTERS)
  • Goldman Sachs aponta que bitcoin valerá mais de meio milhão de reais em cinco anos

  • Bitcoin poderá representar 50% do mercado, de acordo com o banco

  • Mais pessoas estão negociando bitcoin no mercado e na vida cotidiana

Os preços do Bitcoin recuaram recentemente - mas o Goldman Sachs ainda prevê fortes ganhos nos próximos anos. A criptomoeda mais valiosa do mundo caiu para cerca de US$ 43.000 (R$ 245 mil) após atingir um recorde de quase US$ 69.000 (R$ 393 mil) em novembro. Ainda assim, o Goldman Sachs disse em um relatório esta semana que o bitcoin pode mais que dobrar, para um pouco mais de US$ 100.000 (R$ 570 mil) por moeda, nos próximos cinco anos.

Leia mais

"Achamos que a participação de mercado do bitcoin provavelmente aumentará com o tempo como um subproduto da adoção mais ampla de ativos digitais", disse Zach Pandl, co-diretor de câmbio internacional, taxas e estratégia de mercado emergente da Goldman Sachs, no relatório.

Pandl argumenta que o bitcoin vai roubar cada vez mais a fatia de mercado do ouro, que estagnou em torno de US$ 1.800 (R$ 10,3 mil) a onça. Ele disse que o bitcoin atualmente representa cerca de 20% do chamado mercado de "reserva de valor", um termo usado para descrever ouro, bitcoin e outros ativos alternativos, como moedas e commodities cujos preços - em teoria - não deveriam desvalorizar muito ao longo do tempo.

Bitcoin poderá representar 50% do mercado

Pandl acredita que o bitcoin poderá eventualmente representar 50% da reserva de mercado de valor, o que poderia elevar o bitcoin cerca de 17% a 18% anualmente nos próximos cinco anos, para chegar ao nível de US$ 100.000. "Acreditamos que comparar sua capitalização de mercado com o ouro pode ajudar a estabelecer parâmetros sobre resultados plausíveis para retornos de bitcoin", acrescentou Pandl.

É claro que o bitcoin e outros criptomoedas importantes, como ethereum, binance, solana e tokens meme, como dogecoin e shiba inu, foram extremamente voláteis no ano passado. Cryptos estão se comportando mais como ações do que moedas neste momento.

Ainda assim, um número crescente de gestores de fundos importantes, incluindo Stanley Druckenmiller, Paul Tudor Jones e George Soros, investiram em bitcoin. Os reguladores aprovaram fundos negociados em bolsa que rastreiam os preços futuros do bitcoin também, tornando ainda mais fácil para os investidores individuais mergulharem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos