Mercado fechará em 44 mins

Goldman Sachs pede a funcionários elegíveis nos EUA que trabalhem de casa até 18 de janeiro

Logotipo da Goldman Sachs, na Bolsa de Valores de Nova York

(Reuters) - O Goldman Sachs está encorajando seus funcionários elegíveis no Estados Unidos a trabalhar de casa até 18 de janeiro, disse um porta-voz da empresa, à medida que a variante Ômicron do coronavírus se espalha por todo o país.

Os escritórios do Goldman continuarão abertos com os protocolos de segurança da Covid-19 previamente anunciados, acrescentou o porta-voz.

(Reportagem de Elizabeth Dilts Marshall, em Nova York, e Shubham Kalia, em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos