Mercado abrirá em 9 h 2 min
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,89
    -0,24 (-0,38%)
     
  • OURO

    1.778,30
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    57.143,56
    -2.399,29 (-4,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.300,94
    -90,77 (-6,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.224,78
    +255,07 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    29.789,74
    +106,37 (+0,36%)
     
  • NASDAQ

    14.045,00
    +15,50 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6716
    -0,0145 (-0,22%)
     

Gol de Schick encerra sequência negativa e devolve o Bayer Leverkusen ao 5º lugar

·1 minuto de leitura

MOENCHENGLADBACH, Alemanha (Reuters) - Um gol de Patrik Schick aos 32 minutos do segundo tempo deu ao Bayer Leverkusen a vitória por 1 x 0 sobre o Borussia Monchengladbach neste sábado, para encerrar uma sequência de cinco jogos sem vitória e voltar ao quinto lugar do Campeonato Alemão.

O resultado foi mais uma má notícia para o Gladbach, que enfrenta o Manchester City no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões em 10 dias.

Eles caíram para o décimo lugar e agora estão há seis rodadas da Bundesliga sem vencer.

O time de Marco Rose perdeu os três últimos jogos pelo Campeonato Alemão desde que o técnico anunciou sua decisão de treinar o Borussia Dortmund na próxima temporada.

Nenhum dos times teve muito ímpeto ofensivo no primeiro tempo, com o Leverkusen tendo um pouco mais de posse de bola, mas sem conseguir ameaçar.

Schick abriu o placar pegando o rebote do goleiro Yann Somer em chute de Moussa Diaby.

O Leverkusen está em quinto lugar, com 40 pontos, três atrás do Eintracht Frankfurt, que empatou por 1 x 1 com o Stuttgart. O Wolfsburg é o terceiro colocado, com 45, após perder por 2 x 1 para o Hoffenheim.

(Reportagem de Karolos Grohmann)