Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.954,47
    +3.333,33 (+5,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Gol Linhas Aéreas compra carros voadores elétricos para te levar ao aeroporto

·2 minuto de leitura

A Gol Linhas Aéreas é mais uma companhia aérea que investirá nos carros voadores elétricos. Segundo a empresa, foi finalizado um acordo de compra de 250 unidades (podendo chegar a 1.000) do VA-X4 eVTOL, um dos modelos de eVTOLs (veículos elétricos com decolagem vertical) em processo mais avançado de desenvolvimento e homologação. Mesmo sem revelar valores, trata-se de um investimento ousado da empresa brasileira, que vai usar esses veículos para um fim bem específico: levar você ao aeroporto.

O VA-X4 eVTOL, fabricado pela britânica Vertical Aerospace, tem suas peculiaridades e promete ser um ótimo produto dentro desse promissor mercado de carros voadores. Sua autonomia de 160km e velocidade de cruzeiro de 320km/h mostram que ele pode ser capaz de operar até em voos regionais, sobretudo aqueles em centros urbanos gigantescos, como a Grande São Paulo, por exemplo. Mas a grande sacada é ter a tecnologia necessária para te levar aos principais aeroportos, evitando que você fique preso no trânsito e não tenha que gastar rios de dinheiro com helicópteros.

O negócio envolvendo os carros voadores será feito entre a Gol e a Comporte, que são empresas do mesmo grupo. No caso da Comporte, ela será responsável pela logística operacional desses eVTOLs, portanto, se a Gol decidir ampliar o serviço de carona para outro tipo de rota, como dentro das próprias cidades, será a parceira quem terá de criar o ambiente favorável para isso. Para efeito de comparação, a Azul Linhas Aéreas vai oferecer trajetos mais variados com o mesmo tipo de veículo.

“As possibilidades vão muito além dos passageiros e dependem da criatividade do grupo. Mas essa não é uma decisão que cabe a nós e sim ao Grupo Comporte. Atualmente, nosso empenho é para tornar o projeto viável. Como o business plan ainda será estudado, é cedo para dizer se realmente apostaremos em outros serviços”, diz Sérgio Quito, chairman do Conselho de Segurança Operacional da Gol, em entrevista à Exame.

Cronograma

A Gol não quis cravar a data exata para que as operações com o VA-X4 iniciem, mas já tem um cronograma em mente. Segundo a empresa, até 2024 serão 50 unidades em operação, que aumentarão para 250 em 2026. A ideia é chegar em 1.000 carros voadores operando no Brasil todo em 2026. Toda a compra dos carros voadores será intermediado pela Avolon, empresa especializada em leasing de aeronaves.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos