Mercado fechará em 3 h 13 min
  • BOVESPA

    108.301,37
    -2.485,06 (-2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.871,37
    -426,83 (-0,82%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,12
    -2,30 (-2,76%)
     
  • OURO

    1.780,60
    -4,30 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    63.092,28
    -3.675,41 (-5,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.484,06
    -50,59 (-3,30%)
     
  • S&P500

    4.530,84
    -5,35 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    35.483,21
    -126,13 (-0,35%)
     
  • FTSE

    7.187,43
    -35,67 (-0,49%)
     
  • HANG SENG

    26.017,53
    -118,49 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.708,58
    -546,97 (-1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.400,75
    +23,25 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5707
    +0,0511 (+0,78%)
     

Gol inicia sua malha eVTOLs com acordo para 250 ‘carros voadores’ elétricos até 2025

·2 minuto de leitura
Gol inicia sua malha eVTOLs com acordo para 250 ‘carros voadores’ elétricos até 2025
Gol inicia sua malha eVTOLs com acordo para 250 ‘carros voadores’ elétricos até 2025

A companhia de viagens aéreas Gol acaba de fechar um acordo com o Grupo Comporte para a aquisição ou arrendamento de 250 “carros voadores” elétricos até meados de 2025. As duas instituições estão em articulação com a concessionária de aeronaves irlandesa Avolon para o estabelecimento de uma malha aérea de táxis aéreos nos céus do Brasil.

Segundo o comunicado do Grupo Comporte, o acordo trará 250 VA-X4 eVTOLs, da fabricante britânica Vertical Aeroespace. “A aeronave eVTOL também produz 100 vezes menos ruído do que um helicóptero em voo de cruzeiro, e 30 vezes menos nos momentos de decolagem e pouso”, destaca a instituição em nota.

O “carro voador” que as empresas anunciam, o VA-X4, não é um Cadillac com asas saindo da garagem, mas uma pequena aeronave elétrica com decolagem vertical e voo horizontal, no estilo do V-22 Osprey das forças armadas dos Estados Unidos. Isto é, ele decola como helicóptero, mas voa como avião.

O veículo terá alcance de 160 km, velocidade máxima de 320 km/h e capacidade de carga de quatro passageiros, sem considerar o piloto. É um literal táxi aéreo.

carro voador elétrico VA-X4 estacionado
Modelo já foi negociado anteriormente com American Airlines. (Imagem: Divulgação/Vertical Aerospace)

VA-X4 ainda precisa dos primeiros testes de voo

Segundo a Gol, a concessão dos “carros voadores” elétricos fará parte de sua expansão de atendimento regional e, até o momento, não houve revelação das cifras presentes no acordo.

O projeto dependerá de etapas de regulamentação pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e demais autoridades. A estimativa da Avolon é que os processos de certificação e autorização de rotas estejam concluídos até 2024.

É interessante lembrar que um acordo similar ao da Gol foi fechado em junho deste ano entre a Vertical Aerospace e a American Airlines. A mesma quantidade de aeronaves VA-X4 foi pré-encomendada diretamente, com um valor estimado de US$ 1 bilhão.

Ambos os acordos dependem das regulamentações do VA-X4, que ainda está em processo de montagem, e que deve passar por aspectos de regulamentação até 2024. Em entrevista, o chefe de engenharia da Vertical Aerospace, Tim Williams, afirmou que a linha de produção está aguardando a chegada de algumas peças, e que o primeiro voo de teste deverá acontecer até o final do ano.

Via UOL e eVTOL.com

Imagem: Divulgação/Vertical Aerospace

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos