Mercado fechado

Gol e American Airlines anunciam acordo para compartilhamento de voos

Jader Lazarini
Gol e American Airlines anunciam acordo para compartilhamento de voos

A American Airlines anunciou, nesta terça-feira (4), que concluiu um acordo de compartilhamento de voos com a Gol (GOLL4). A companhia norte-americana irá ampliar a sua operação e fará um voo diário em direção ao Rio de Janeiro.

Além de Miami e Rio de Janeiro, a parceria fará com que a American Airlines oferte 20 novos destinos para a América do Sul. Em contrapartida, a Gol também terá novas rotas com destino para o território norte-americano.

Segundo Eduardo Bernardes, vice-presidente comercial da companhia aérea brasileira, no comunicado da American Airlines, “em breve a parceria deve aumentar para mais de 30 destinos nos Estados Unidos”. As minutas do acordo ainda estão sendo avaliados por autoridades estadunidenses e brasileiras.

A American Airlines também estima passar a operar novos 12 voos com destino a Miami partindo de seis cidades norte-americanas. São elas:

  • Nashville
  • Boston
  • Houston
  • Orlando
  • Raleigh-Durham
  • Tampa

De acordo com o comunicado da companhia, a nova operação trará "mais oportunidades para que clientes voem para a América Latina".

Gol divulga projeção de crescimento da receita

Segundo a projeção da Gol, divulgada no início do mês passado, a receita unitário por passageiro (Prask) no quarto trimestre de 2019 cresceu por volta de 11% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Ademais, durante a apresentação de atualização aos investidores, a empresa aguarda uma elevação de aproximadamente 11% para a receita unitária (Rask) no trimestre terminado em dezembro na base anualizada.

Além da esperada alta da receita e diminuição de custos, a companhia calcula um lucro por ação (LPA) de R$ 0,60 para o quarto trimestre, excluindo variação cambial, o que representaria uma queda em relação ao mesmo período de 2018, quando tal resultado ficou em R$ 0,73.

Confira: Gol e Smiles devem deliberar sobre reorganização societária

A empresa afirmou que a alavancagem financeira medida pelo indicador dívida líquida/Ebitda alcançou 2,7 vezes no trimestre encerrado em dezembro de 2019. Um ano antes, esse indicador era de 2,1 vezes.

No último trimestre do ano passado, a Gol amortizou aproximadamente R$ 100 milhões de dívida, e a liquidez total no final do período é de cerca de R$ 4,3 bilhões, frente a R$ 4 bilhões no trimestre anterior.