Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.852,21
    +1.299,77 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.586,71
    -82,54 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,64
    +0,61 (+1,52%)
     
  • OURO

    1.906,50
    -23,00 (-1,19%)
     
  • BTC-USD

    13.078,24
    +2.021,23 (+18,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    263,27
    +7,17 (+2,80%)
     
  • S&P500

    3.450,15
    +14,59 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    28.354,58
    +143,76 (+0,51%)
     
  • FTSE

    5.785,65
    +9,15 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.786,13
    +31,71 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    23.474,27
    -92,73 (-0,39%)
     
  • NASDAQ

    11.629,25
    -62,00 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6174
    -0,0326 (-0,49%)
     

Gol amplia oferta em outubro, estima prejuízo no 3º tri

·2 minutos de leitura
.
.

SÃO PAULO (Reuters) - A Gol voltou a ampliar oferta de assentos em outubro, após forte expansão de venda de bilhetes em setembro, mas estimou que deverá encerrar o terceiro trimestre com prejuízo e que continuará queimando caixa ao longo do quarto trimestre.

A companhia afirmou, em comunicado nesta sexta-feira, que ampliou a oferta no início deste mês para cerca de 400 voos diários, esperando terminar outubro com 500 voos diários, algo equivalente a 60% do que tinha um ano antes.

A empresa previu que terá consumo líquido de caixa de 2 milhões de reais por dia entre outubro e o fim de dezembro, após encerrar setembro com liquidez de aproximadamente 2,2 bilhões de reais. Incluindo outras fontes de recursos, a empresa afirma que tem cerca de 6 bilhões de reais em liquidez.

A expectativa para o resultado do terceiro trimestre é de prejuízo por ação de 3,2 reais ante perda de 1,23 por ação um ano antes. A empresa programou a divulgação do balanço do período para 30 de outubro.

Em setembro, a Gol afirmou que a receita bruta consolidada cresceu 65% sobre agosto, 474 milhões de reais. Em agosto, o valor foi de 293 milhões de reais. A empresa não divulgou o dado de julho ou do terceiro trimestre como um todo.

"Novamente, em setembro, a Gol observou crescimento saudável da demanda por viagens entre os brasileiros", disse em comunicado a investidores o presidente da Gol, Paulo Kakinoff. "Essa tendência deve persistir daqui para frente, uma vez que as buscas e vendas de passagens da Gol continuam crescendo", acrescentou.

A Gol estimou ainda que a margem de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) do terceiro trimestre deverá ficar entre 21% e 23% ante 31% um ano antes.

A companhia terminou o trimestre com uma alavancagem de cerca de 5 vezes, ante 2,9 vezes no terceiro trimestre de 2019, após amortizar cerca de 1 bilhão de reais em dívida no período.