Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    62.138,31
    +460,01 (+0,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

Filme Godzilla vs Kong arrecada quase R$ 2 milhões com artes em NFT

Redação Finanças
·2 minuto de leitura
Godzilla vs Kong arrecadou quase R$ 2 milhões com artes digitais. Foto: Divulgação / Warner
Godzilla vs Kong arrecadou quase R$ 2 milhões com artes digitais. Foto: Divulgação / Warner

Resumo da matéria

  • A marca vendeu 6 imagens digitais colecionáveis por quase R$ 2 milhões

  • As imagens vendidas não existem em forma física, só digital

  • "Non-fungible Token" ("Token não-fungível") estão em alta no Brasil e no mundo

A Legendary Entertainment foi o primeiro grande estúdio de cinema a apostar em uma coleção de NFT exclusiva. Em conjunto com o filme “Godzilla vs. Kong” a empresa vendeu, no mesmo dia em que o longa chegou aos cinemas e à HBO Max, 6 imagens estáticas como NFT por cerca de US$ 340 mil (R$ 1,9 milhão).

Os colecionáveis digitais ficaram disponíveis para compra por tempo limitado e incluíram obras de arte que receberam o nome de “Deus vs. Rei,” “Rei vs. Deus,” “MachineGod,” “Legends will Collide,” “One Will Fall,” “Godzilla Steps Up” e “Kong Steps Up”, cada um dos itens foi assinado pelo criador do filme.

Leia também:

Sigla para "Non-fungible Token" ("Token não-fungível", em tradução livre), podemos entender o NFT como um bem diferenciado, contendo dados que os tornam únicos. Uma informação diferente gravada em cada ativo NFT o torna um produto diferente dos outros e é por isso que eles não podem ser substituídos. Eles não podem ser trocados por iguais, porque não há dois iguais.

Sendo únicos, tem muita gente ganhando dinheiro vendendo os arquivos digitais como se vende uma obra de arte tradicional.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As imagens criadas pela BossLogic foram vendidas em apenas 15 minutos na plataforma MakersPlace, e uma edição única animada que está a leilão. Somente as peças já negociadas nessas plataformas arrecadaram cerca de US$ 340 mil.

Sem um número limitado de cópias, a peça da venda relâmpago mais comprada foi a “King vs. God”, com 71 tokens vendidos. Atualmente, o lance mais alto para o token “Legends Will Collide” é de US$ 20 mil.

NFTs em alta

No começo de março, uma série de NFTs da Mulher-Maravilha foi vendida por US$ 1,85 milhões, criada por José Delbo, ex-ilustrador da DC e da Marvel, e que foi o desenhista da super-heroína nos anos 70 e 80.

O aumento de interesse pela tecnologia fez o volume de pesquisas no Google subir mais de quatro vezes. Essa alta foi evidenciada pelo número de usuários semanais em plataformas NFTs, que atingiram um recorde de 398,8 mil usuários na última semana.

O mercado de colecionáveis cripto NBA Top Shot foi o líder, com um total de 379 mil usuários, seguido por Axie Infinity, jogo NFT desenvolvido na Ethereum, com 12.260 usuários.

Esse volume atingiu uma alta na última semana de fevereiro com um total de US$ 196,35 milhões negociados. A NBA Top Shot totalizou US$ 125 milhões enquanto o mercado de NFTs CryptoPunks totalizou US$ 62,67 milhões