Mercado fechará em 2 h 11 min
  • BOVESPA

    111.661,68
    +752,07 (+0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.512,06
    +338,00 (+0,67%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,67
    +2,47 (+3,16%)
     
  • OURO

    1.767,70
    +4,00 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    16.857,92
    +444,50 (+2,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,42
    -0,28 (-0,07%)
     
  • S&P500

    3.956,35
    -1,28 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    33.702,17
    -150,36 (-0,44%)
     
  • FTSE

    7.587,51
    +75,51 (+1,01%)
     
  • HANG SENG

    18.597,23
    +392,55 (+2,16%)
     
  • NIKKEI

    27.968,99
    -58,85 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    11.571,75
    +47,00 (+0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4234
    -0,0332 (-0,61%)
     

God of War Ragnarök | Relembre a história de Kratos e Atreus antes de jogar

God of War: Ragnarök é a continuação direta do título lançado em 2018 que repaginou completamente a franquia. Ele tem a promessa de atender às expectativas de todo público que adorou o último jogo. Além de tentar trazer mais respostas e expandir todo o universo da mitologia nórdica, agora ruindo para seu fim com o Ragnarök.

Para conseguir acompanhar todos os detalhes, vamos relembrar alguns momentos-chave que aconteceram em God of War. Assim, o Canaltech separou alguns acontecimentos para refrescar toda a trajetória de Atreus e Kratos e como isso vai influenciar a narrativa de Ragnarök.

Cuidado! Este texto contém spoilers de God of War!

Muitas perguntas e um Kratos diferente

God of War começa bastante enigmático, atraindo toda curiosidade dos jogadores. Ao apertarmos “start”, já assumimos o papel do querido e amado Kratos, ex-deus da guerra e com um visual completamente diferente.

Kratos recebeu uma repaginada em seu visual, trazendo mais maturidade e idade ao nosso guerreiro (Imagem: Divulgação/ Santa Monica)
Kratos recebeu uma repaginada em seu visual, trazendo mais maturidade e idade ao nosso guerreiro (Imagem: Divulgação/ Santa Monica)

Junto a Kratos, somos apresentados a um novo personagem, Atreus, filho do espartano. Com isso, questões são levantadas: como nosso guerreiro sobreviveu aos acontecimentos de God of War 3 e de onde esse filho surgiu?

Depois disso, chegamos a uma cabana, onde os personagens moram. E ali somos introduzidos ao estopim de toda a história: o funeral de Faye, esposa de Kratos e mãe de Atreus. Ou seja, o guerreiro grego conseguiu seguir com sua vida e construiu uma nova família.

Contudo, esse momento de estabilidade e paz durou pouco, já que seu filho não aparenta ter mais de 12 anos no momento que se passa o game.

A relação entre pai e filho é um dos temas principais do primeiro jogo (Imagem: Divulgação/Santa Monica)
A relação entre pai e filho é um dos temas principais do primeiro jogo (Imagem: Divulgação/Santa Monica)

Após o funeral, Kratos resolve acompanhar seu filho na caça de um cervo na montanha. No caminho, eles se deparam com criaturas mágicas e até um Troll, que não deveriam estar tão próximos do local, já que ele era teoricamente protegido.

Ao retornar à cababa, eles são abordados por um estranho que bate à porta e começa a interrogar Kratos. Não muito satisfeito e bastante impaciente, o espartano logo perde a linha e eles partem para uma briga digna de rachar a terra e arrebentar todo o cenário.

Um mundo bastante vasto e misterioso

Após o ocorrido, Kratos aceita levar Atreus para cumprir o último desejo de Faye: despejar suas cinzas no pico mais alto dos nove reinos. Com isso, eles partem a caminho de seu destino.

Nesse momento, encontramos vários personagens que irão auxiliar nossos heróis na sua jornada. A começar por Brok e Sindri, os irmãos anões que ajudam o jogador com upgrades e compra de armadura, armas e talismãs.

A seguir, nos deparamos com Freya, uma antiga deusa Vanir que está exilada em Midgard e que, a princípio, é bastante solícita e receptiva.

Faye se mostra como uma guia tanto para os heróis quanto para o jogador (Imagem: Divulgação/Santa Monica)
Faye se mostra como uma guia tanto para os heróis quanto para o jogador (Imagem: Divulgação/Santa Monica)

Inclusive, ela passa diversas orientações e guia o protagonista pelo vasto mundo, apresentando a árvore da vida Yggdrasil e a possibilidade de viajar através dos reinos.

Depois de conseguirem um item mágico no reino dos elfos, em Alfheim, Atreus e Kratos finalmente conseguem subir até o pico da montanha de Midgard. No entanto, ao chegar lá, se deparam com Mimir, ex-conselheiro de Odin, agora prisioneiro do “Pai-de-Todos”.

Sendo praticamente uma enciclopédia ambulante, Mimir contraria nossos aventureiros, afirmando que não estão no pico mais alto dos nove reinos, mas que ele se encontra no reino dos gigantes Jotuheim.

Novas explorações e muitas revelações

Para conseguirem acessar esse reino, eles precisariam de uma runa especial que consegue abrir o portal. Agora o grupo de dois integrantes e meio (já que apenas a cabeça de mimir está a tiracolo) parte para novos desafios.

Dessa vez, eles topam com Magni e Modi, filhos do poderoso Thor. A essa altura, vale relevar que Kratos e Atreus descobrem a identidade do estranho que os visitou na casa.

Ele se chama Baldur e é irmão do Deus dos Trovões, além de padrinho da dupla de irmãos que nossos guerreiros topam no caminho. Entretanto, o embate não sai como planejado e Kratos quase é derrotado, não fosse a ira de Atreus para distrair os inimigos.

O gameplay foi um dos grandes destaques desse novo jogo (Imagem: Divulgação/ Santa Monica)
O gameplay foi um dos grandes destaques desse novo jogo (Imagem: Divulgação/ Santa Monica)

Mas isso não veio sem um custo, já que o menino ainda não sabe de sua descendência divina e fica enfermo devido ao estresse. Desesperado, Kratos leva seu filho inconsciente até a deusa Vanir para ajuda.

Para salvar Atreus, ela exige que o deus da guerra vá até Helheim buscar um item mágico. Porém, para enfrentar as criaturas do inferno gelado nórdico, Kratos precisa reaver uma aliada.

Ele retorna à cabana para reacender cicatrizes do passado e recuperar suas antigas armas de guerras, as Lâminas do Caos, espadas concedidas ao guerreiro espartano por Ares.

Tendo adquirido o item necessário, o Fantasma de Esparta consegue recuperar a saúde do filho. E, seguindo conselhos de Freya, ele revela que ambos, pai e filho, são deuses.

Isso, de acordo com a deusa Vanir, ajudaria o pequeno a entender sua verdadeira natureza. Conflito este que estava causando seus problemas de saúde.

Uma jura de morte e o fim do mundo

Ao se encaminharem novamente para o pico de Midgar, onde encontra-se o portal para Jotuheim. Kratos e Atreus novamente travam um embate contra Baldur.

O grande problema é que nesse conflito, o portal para o reino acaba sendo destruído e eles quase são levados para Asgard como prisioneiros, contudo Kratos consegue fazer um desvio e eles vão parar novamente em Helheim.

Desta vez, eles descobrem que Baldur na verdade é filho de Freya, mas que odeia a mãe por conta de uma bênção (ou maldição) que o impede de sentir qualquer estímulo físico, desde dores até prazeres.

Faye se mostra bastante vingativa no trailer de God of War: Ragnarok (Imagem: Divulgação/Santa Monica)
Faye se mostra bastante vingativa no trailer de God of War: Ragnarok (Imagem: Divulgação/Santa Monica)

É nesse momento também que Atreus descobre sobre o pai de Kratos, Zeus. Mas não faz nenhuma pergunta a respeito do que aconteceu entre eles.

Ao retornarem para Midgard, Mimir comenta de outro modo para chegar ao reino dos gigantes. Todavia, novamente eles acabam tendo que enfrentar Baldur, que está cada vez mais sedento por briga.

Antes do conflito se instaurar, Freya aparece e torna-se alvo de seu filho amargurado. Então, nossos heróis entram no meio para proteger a deusa Vanir, apesar de ela insistir que ficassem fora.

Tudo isso culmina na morte de seu filho, fazendo com que Freya perca completamente qualquer carinho ou respeito que tinha pelos dois. Assim, ela jura caçá-los até o fim dos tempos.

Além disso, na sequência já temos o começo do Fimbulwinter, o eterno inverno que antecede o Ragnarök.

Jornada (quase) finalizada

Depois de todos os perigos e problemas que pai e filho superaram, enfim conseguem adentrar o reino dos gigantes. No trajeto até o pico mais alto, eles se deparam com vários símbolos e desenhos talhados nas paredes.

E ali descobrem que Faye na verdade pertencia a raça dos gigantes. E, com isso, é revelado o nome “gigante” de Atreus, aquele cuja mãe queria nomeá-lo: Loki.

É esperado que a relação dos dois sofra novos desafios no próximo jogo (Imagem: Divulgação/ Santa Monica)
É esperado que a relação dos dois sofra novos desafios no próximo jogo (Imagem: Divulgação/ Santa Monica)

Com isso tudo, temos um cenário bastante promissor para o God of War: Ragnarök. Com a morte de Baldur, o apocalipse nórdico teve início e vamos entender qual será o papel de Kratos e Atreus em toda a mitologia.

Além disso, provavelmente veremos figuras mais expoentes da mitologia, como Thor, Odin e até o misterioso Tyr, apenas citado nesse primeiro título.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: