Mercado fechará em 3 h 24 min
  • BOVESPA

    110.562,68
    +1.718,94 (+1,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.584,73
    +27,08 (+0,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,45
    +0,16 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.776,70
    +12,90 (+0,73%)
     
  • BTC-USD

    42.843,39
    -1.200,61 (-2,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.069,15
    +5,31 (+0,50%)
     
  • S&P500

    4.377,42
    +19,69 (+0,45%)
     
  • DOW JONES

    34.144,87
    +174,40 (+0,51%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.100,75
    +91,25 (+0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2007
    -0,0440 (-0,70%)
     

Gmail, YouTube e Google Maps não vão mais funcionar em Androids muito antigos

·1 minuto de leitura

A partir de 27 de setembro, o Google não vai mais permitir login da conta da empresa em dispositivos Android com versões 2.3.7 ou inferiores. A entrada é requisito básico para funcionamento dos Serviços Google, o qual dá acesso a Gmail, YouTube, Maps e praticamente toda a gama de apps da companhia.

Esta versão ficou conhecida como Gingerbread e foi lançada em dezembro de 2010. Quem tentar logar a partir da data final receberá uma mensagem de erro, sem qualquer possibilidade de resolução. A falha também deve ocorrer quando o usuário tentar fazer uma redefinição de fábrica, se houver mudança da senha (o que exigiria novo login) e caso haja adição de nova conta no dispositivo.

O Android 2.3.7 também é conhecido como Gingerbread (Imagem: Reprodução/Google)
O Android 2.3.7 também é conhecido como Gingerbread (Imagem: Reprodução/Google)

A expectativa é que o anúncio afete menos de 1% de dispositivos ativos em todo mundo — provavelmente tablets e telefones celulares muito antigos (caso ainda esteja usável). Caso seja possível, o Google recomenda a atualização para o Android 3.0 ou mais recente para não ter o problema.

Segundo a criadora do sistema operacional, quando a mudança for concluída, apenas alguns serviços do Google (a empresa não especificou quais) poderão ser usados pelo navegador. Assim, é bom não arriscar e tentar atualizar o quanto antes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos