Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.227,09
    +94,56 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.412,47
    +211,88 (+0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,98
    -0,73 (-1,60%)
     
  • OURO

    1.813,80
    +2,60 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    17.118,86
    -27,12 (-0,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    335,96
    -34,56 (-9,33%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.362,93
    -28,16 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    26.819,45
    +149,70 (+0,56%)
     
  • NIKKEI

    26.537,31
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    12.154,25
    +2,00 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3411
    +0,0012 (+0,02%)
     

GM registra prejuízo de US$ 758 milhões no 2º trimestre

·1 minuto de leitura
A marca líder de automóveis nos Estados Unidos registrou queda nas vendas de mais de 30% no segundo trimestre
A marca líder de automóveis nos Estados Unidos registrou queda nas vendas de mais de 30% no segundo trimestre

A montadora americana General Motors (GM) entrou no vermelho no segundo trimestre com um prejuízo líquido de 758 milhões de dólares, afetada pela pandemia de COVID-19, informou o grupo.

A perda líquida ajustada por ação é de 50 centavos, menor que o 1,77 dólar esperado pelos mercados.

A GM teve que interromper a produção durante quase dois meses devido às medidas de confinamento vinculadas à pandemia de coronavírus, mas as atividades já retomaram o ritmo normal na maioria das fábricas.

A marca líder de automóveis nos Estados Unidos registrou queda nas vendas de mais de 30% no segundo trimestre, assim como a concorrente Ford.

As vendas de veículos desabaram em abril e se recuperaram levemente em maio e junho.

O faturamento caiu 53%, a 16,8 bilhões de dólares, abaixo do esperado pelos analistas, que era 17,31 bilhões de dólares.