Mercado fechará em 5 h 16 min
  • BOVESPA

    107.734,30
    +1.438,12 (+1,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,92
    +1,16 (+1,38%)
     
  • OURO

    1.804,70
    +8,40 (+0,47%)
     
  • BTC-USD

    63.031,70
    +2.393,32 (+3,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.501,54
    +1.258,86 (+518,73%)
     
  • S&P500

    4.541,95
    -2,95 (-0,06%)
     
  • DOW JONES

    35.661,77
    -15,25 (-0,04%)
     
  • FTSE

    7.228,47
    +23,92 (+0,33%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    +5,10 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.423,00
    +82,00 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5165
    -0,0643 (-0,98%)
     

GM recomenda que donos de elétrico Bolt estacionem longe de outros veículos em garagens

·1 minuto de leitura
GM

WASHINGTON (Reuters) - A General Motors emitiu uma recomendação aos proprietários do elétrico Bolt para que estacionem o carro no último andar ou em uma área aberta de garagens, de modo a ficarem a pelo menos 15 metros de distância de outros veículos. A empresa citou potencial risco de incêndio.

A precaução "reduz potenciais danos a estruturas e veículos próximos no raro evento de um potencial incêndio", afirmou um porta-voz da montadora em comunicado. A GM enviou um aviso aos clientes que tinham perguntado sobre estacionamento do carro, acrescentou.

Anteriormente, a GM havia pedido aos donos do Bolt para estacionarem o carro em áreas abertas, longe de estruturas, e para não deixarem o carro recarregando a bateria durante a noite.

A GM também afirmou para os donos do modelo não deixarem o Bolt recarregando sem estarem presentes, mesmo se utilizarem uma estação de recarga em um estacionamento.

A montadora ampliou em agosto o recall do Bolt para mais de 140 mil unidades para a substituição de módulos da bateria, a um custo estimado atualmente em 1,8 bilhão de dólares. A empresa registrou 10 casos de incêndio. A GM afirmou que vai buscar ressarcimento junto à fornecedora da bateria, a LG.

A GM não vai retomar a produção ou as vendas do Bolt até estar satisfeita que o recall vai resolver o problema do risco de fogo, acrescentou a companhia.

(Por David Shepardson)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos