Mercado fechado

GM perderá dinheiro ao vender o novo Corvette C8 nas versões de entrada

feedback@motor1.com (Dyogo Fagundes)
Chevrolet Corvette Stingray 2020

Atualmente, preço inicial do esportivo é de menos de US$ 60 mil

Relativamente bem recebido pelo mercado quando foi anunciado, o preço inicial da nova geração do Corvette inferior a US$ 60 mil parece não ter sido unanimidade nos bastidores da General Motors. Conforme revela reportagem recente da revista Motor Trend, o valor é considerado tão abaixo do adequado em termos de retorno financeiro que a Chevrolet amargará prejuízo em todas as unidades vendidas das versões de entrada. O ideal para cobrir custos e gerar lucro, segundo fonte ouvida pela publicação, seria comercializar o modelo por pelo menos US$ 80 mil - diferença pra lá de considerável. Os preços até poderão subir nos próximos anos, mas certamente não o suficiente para cobrir a disparidade atual.

Curiosamente, a publicação explica que o prejuízo é parte de uma ação estratégica para segurar clientes. De acordo com a fonte, o preço definido para o Corvette C8, levando em consideração todo o investimento do projeto em termos de design e engenharia, foi definido em US$ 79.995. No entanto, o valor foi considerado muito alto em relação ao preço anterior do C7 e, para evitar uma eventual perda de clientes, a Chevrolet aceitou amargar a perda.

Além disso, há expectativa internamente de que, graças à oferta de uma extensa lista de acessórios e equipamentos extras, os compradores transformem seu Corvette de US$ 60.000 em algo um pouco mais próximo de US$ 80.000 - o que mitigaria o prejuízo. Outra preocupação diz respeito aos preços base das próximas variantes de desempenho, incluindo Z06 e ZR1, que segundo a mesma fonte terão de custar entre US$ 80 mil e US$ 100 mil para atingir o ponto ideal entre lucro e volume.

Leia também:

Nesta nova geração, o Corvette adota motor 6.2 V8, derivado do LT1 que alimentou o C7 Stingray, mas com profundas modificações, a começar pelo inédito posicionamento central-traseiro. Agora são entregues como padrão 497 cv, ou 502 cv nas versões equipadas com o pacote opcional Z51 Performance Package – um ganho considerável sobre os 466 cv do LT1. Por outro lado, os mais puristas certamente não gostarão do novo câmbio automático de dupla embreagem e 8 marchas, que será a única opção disponível. Os adeptos de caixas manuais terão de se contentar apenas com borboletas para trocas atrás do volante. Pelo menos, toda força ainda vai exclusivamente para as rodas traseiras.

Chevrolet Corvette Stingray 2020ray

Segundo a Chevrolet, quando equipado com o pacote acima mencionado, o novo Corvette acelera de 0 a 96 km/h em menos de 3 segundos. Os números exatos ainda não são conhecidos, mas se você for um fã do Corvette, saberá que o C7 ZR1 atual atinge a marca de 100 km/h em 2,8 segundos. Isso significa que, pelo menos em um sprint curto, o novo modelo básico do C8 anda lado a lado com o mais poderoso "Vette" anterior.