Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.721,29
    -1.590,64 (-3,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

GM cancela chegada do novo Chevrolet Bolt ao Brasil

·2 minuto de leitura

Demorou um pouco, mas a General Motors decidiu cancelar a chegada do novo Chevrolet Bolt ao Brasil. Em meio aos pedidos de recall em âmbito global — inclusive aqui no país —, o cronograma de lançamento da versão renovada do carro elétrico teve de ser modificado, com o foco da gigante estadunidense sendo a recuperação e troca das baterias dos modelos já fabricados até o momento.

A decisão vem na esteira de uma série de ações da General Motors sobre seu carro elétrico. Inicialmente, a empresa apenas solicitou que seus proprietários levassem o carro às concessionárias para reparos nas baterias, que são fabricadas pela LG. A ideia era corrigir uma falha na aba do ânodo e no separador, que ocasiona incêndios recentes em algumas unidades do automóvel pelo mundo.

Depois, descobriu-se que essa falha era crônica e que seria necessária a troca das baterias de todos os Bolt produzidos, sejam eles da antiga ou da nova geração. Sendo assim, a General Motors convocou todos os usuários do carro para realizar esse procedimento, que terá custo na casa dos bilhões de dólares — tudo custeado pela LG. Além disso, a fabricação do carro teve de ser suspensa.

O novo Chevrolet Bolt estava programado para desembarcar no Brasil neste mês de setembro e traria melhorias ao automóvel, um dos melhores carros elétricos disponíveis por aqui. Além de interior renovado e com materiais mais requintados, o monovolume também recebeu retoques no seu design, que está mais moderno, além de novidades no pacote tecnológico, como o Wi-Fi nativo.

Já com relação ao desempenho e autonomia, o novo Bolt terá os mesmos números e comportamento que vimos na versão atual. Seu motor elétrico tem 203cv de potência e 36,7 kgfm de torque, o que faz com que ele tenha um 0 a 100 km/h de apenas 7,3 segundos, digno de um esportivo. A bateria, por sua vez, é de 65 kWh, garantindo que o carro possa rodar cerca de 420 quilômetros em ciclo misto estrada/cidade.

O diferencial para o novo modelo é que seu carregamento será mais rápido. O sistema agora foi para 11 kW (contra 7 kW do anterior), o que permite recuperar 68 km de autonomia por hora, ou 6,5 a 7 horas para 0 a 100% da carga, contra 10 horas do que avaliamos no ano passado. Mesmo sem muitos carregadores com essa capacidade pelas cidades brasileiras, isso deve tornar o uso do novo Bolt ainda melhor.

Atualmente, os 235 Chevrolet Bolt vendidos no Brasil passam pelo procedimento de recall, que foi dividido em duas etapas: reparos nas baterias e troca. A General Motors não deu uma nova data para a chegada do carro ao país, mas, ao que tudo indica, isso só irá ocorrer depois da resolução da produção das baterias por parte da LG.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos