Mercado abrirá em 6 h 4 min
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,21 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,22
    -0,73 (-0,99%)
     
  • OURO

    1.810,30
    -6,90 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    40.281,60
    -1.490,32 (-3,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    977,93
    +28,03 (+2,95%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,03 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    26.216,46
    +255,43 (+0,98%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    15.042,25
    +86,50 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1550
    -0,0330 (-0,53%)
     

Gloria Groove revisita passado na periferia em novo trabalho e fala de representatividade: 'Por mais 'Glorias' tendo espaço'

·2 minuto de leitura

Gloria Groove até misturou elementos de outros gêneros em seu novo trabalho. Mas, desta vez, a artista decidiu mergulhar mesmo foi no pop. E foi nessa pegada que ela lançou, recentemente, "Bonekinha", canção do próximo disco, intitulado "Lady Leste". Desta vez, a artista e drag queen de 26 anos decidiu buscar referências em seu próprio passado, na periferia de São Paulo (o nome "Lady Leste" já dá uma dica disso), também presentes no videoclipe preparado para a música.

"Foi muito divertido e nostálgico revisitar meu tempo de escola em referências como a Lan House, o quarto cheio de adesivos, o celular que era febre entre a galerinha… Fico muito feliz de poder fazer referência às minhas origens, num momento que estou crescendo tanto como 'Bonekinha' ", resume a cantora, nascida e criada na Vila Formosa, em São Paulo.

"Não é de hoje que me falam que me pareço com uma boneca, então resolvi viver essa fantasia de ser uma Bratz live-action, com um pezinho na Monster High e um toque de mandraka", acrescenta ela, sobre as referências de bonecas para montar a sua própria.

Não à toa, Gloria deixou o lançamento do novo trabalho para o mês de junho, em que é celebrado o orgulho LGBTQIA+. Ela entende que, além do seu som, é referência para jovens que têm histórias parecidas com a sua, que ultrapassa dificuldades e preconceito. Não esconde do orgulho que tem disso.

"É muito gratificante. Vejo a juventude LGBTQIA+ do Brasil como um espelho de minhas próprias vivências e convicções. Percebo que estamos crescendo juntos, e cada vez mais consigo contribuir com a nossa causa. Por mais 'Glorias' tendo o seu espaço", afirma.

Sobre o nome "Lady Leste", ela explica que é um alterego, inspirado em figuras femininas da Zona Leste de São Paulo.

"Lady Leste é o alterego que dá vida a essa nova era. Inspirado livremente na minha paixão pelo lugar onde nasci, a Zona Leste de SP, e também pelas diversas figuras femininas provenientes de lá que enfeitam meu dia-a-dia: são minha família, minha equipe, minhas amigas da época da escola… Lady Leste tem um pedacinho de cada uma delas."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos