Mercado fechado

Globo desiste de produzir série sobre goleiro Bruno

O goleiro Bruno em 2017 (Foto: Cristiane Mattos/AFP via Getty Images)

O Globoplay desistiu de produzir a série sobre o caso do goleiro Bruno. Em 2010, o ex-jogador do Flamengo mandou matar a modelo Eliza Samudio, mãe de seu filho. “Existia um projeto em desenvolvimento, que nem escrito estava, e que deveria fazer parte de uma série sobre crimes. Assim como esse projeto, muitos outros também não são realizados depois que são avaliados”, informa o departamento de comunicação da Globo ao Yahoo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Segundo a colunista Patrícia Kogut, de ‘O Globo', a diretora Amora Mautner (‘A Dona do Pedaço’) estaria a frente da produção junto com o roteirista Lucas Paraizo (‘Sob Pressão’). A série seria baseada no livro ‘Indefensável - O Goleiro Bruno e a História da Morte de Eliza Samudio’, da editora Record. A emissora chegou a comprar os direitos da obra.

Leia também

Em entrevista ao Yahoo, a mãe de Eliza Samudio revelou com exclusividade que não foi procurada pelos responsáveis pelo projeto e se posicionou contra à ideia. “É de extrema crueldade e mau gosto. Não vou aceitar que a vida da minha filha seja exposta com base no que o Bruno falou, a história que o livro conta é mentirosa. A imagem da Eliza foi denegrida”, declarou a dona de casa Sônia Moura em janeiro deste ano.