Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.941,68
    +51,80 (+0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.463,55
    +320,55 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    115,07
    +0,98 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.857,30
    +3,40 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    29.024,48
    +291,57 (+1,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    625,79
    -3,71 (-0,59%)
     
  • S&P500

    4.158,24
    +100,40 (+2,47%)
     
  • DOW JONES

    33.212,96
    +575,77 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.585,46
    +20,54 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    20.697,36
    +581,16 (+2,89%)
     
  • NIKKEI

    26.781,68
    +176,84 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.717,50
    +438,25 (+3,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0751
    -0,0429 (-0,84%)
     

Global Plastic Watch: satélites identificam resíduos para tentar reduzir a poluição dos oceanos

PERTH (Austrália), May 09, 2022--(BUSINESS WIRE)--Uma nova ferramenta de ponta desenvolvida pela Minderoo Foundation identificou, pela primeira vez, milhares de locais de resíduos em 25 países usando tecnologia avançada de dados de satélite e aprendizado de máquina para medir pilhas de resíduos plásticos desde o espaço.

Global Plastic Watch (globalplasticwatch.org) é uma ferramenta que combina a observação da Terra com inteligência artificial para criar o primeiro mapa de alta resolução quase em tempo real da poluição plástica. Este é o maior conjunto de dados de código aberto de resíduos plásticos em dezenas de países. O objetivo da ferramenta é ajudar as autoridades a gerenciar melhor o vazamento de plástico no ambiente marinho.

A Global Plastic Watch usa imagens de satélite de detecção remota da Agência Espacial Europeia e um modelo de aprendizado de máquina inédito criado em colaboração com a premiada Agência de Produtos Digitais para o Meio Ambiente, Earthrise Media. A ferramenta é capaz de determinar o tamanho e a escala dos locais de resíduos plásticos terrestres, um fator importante que alimenta o crescente problema da poluição plástica dos rios e oceanos do mundo.

Os dados coletados fornecem uma visão histórica e oficial de um dos desafios ambientais mais intratáveis do mundo – um dilúvio de poluição plástica que está ameaçando os oceanos, prejudicando comunidades, vida marinha, saúde animal e humana. Ao usá-la, governos, indústria e comunidades podem avaliar e monitorar o risco de locais de resíduos plásticos terrestres, bem como priorizar investimentos em soluções.

Os países mapeados até agora incluem todo o Sudeste Asiático, Austrália e os países identificados por uma pesquisa publicada na Science Advances como responsáveis pelas altas taxas de emissões de plástico no oceano.

Andrew Forrest AO, presidente e cofundador da Minderoo Foundation, descreveu os dados e a transparência como ferramentas importantes para combater os resíduos plásticos e, até agora, tem sido difícil identificar e medir com efetividade o acúmulo de resíduos plásticos de maneira sistemática e padronizada.

"Em geral, o mundo não tem ideia de quão perigoso é o lixo plástico para o ambiente orgânico, principalmente para os humanos. O destino de cada pedaço de plástico é o nanoplástico, que tem atributos venenosos e cortantes capazes de mutilar células e até penetrar a barreira hematoencefálica humana", disse Forrest.

"Prevenir que os estoques de resíduos plásticos ilegais e legais entrem no ambiente oceânico é fundamental para limitar esse dano. Uma vez no oceano, por meio de mistura, absorção e ingestão por animais, esse plástico entrará oficialmente no ambiente humano.

Usando inteligência artificial e dados de satélite, a Minderoo Foundation produziu o primeiro mapa do acúmulo de resíduos plásticos. A maioria dos nossos dados sobre resíduos plásticos vem de modelos e estimativas. Agora, nosso entendimento é baseado em dados reais que podem ser usados para orientar soluções.

A Global Plastic Watch arma governos e pesquisadores do mundo inteiro com informações que podem orientar melhor as intervenções eficazes de gerenciamento de resíduos, garantindo que os resíduos terrestres não acabem em nossos oceanos", afirmou Forrest. "Queremos trabalhar com os governos para garantir que esta ferramenta também possa ajudar a apoiar a mudança de políticas quando necessário."

Fabien Laurier, líder de Tecnologia e Inovação e Conservação dos Oceanos da Minderoo Foundation, explicou que algumas das descobertas da Global Plastic Watch foram surpreendentes.

"Sabemos que os vazamentos terrestres contribuem com até 91% dos resíduos plásticos que entram no oceano", disse Laurier. "A Global Plastic Watch revelou que muitos locais de resíduos em grande escala nos primeiros 25 países que mapeamos não estavam documentados anteriormente e o número de locais é muito maior do que o esperado."

O governo da Indonésia está trabalhando com a Minderoo Foundation para aumentar sua capacidade de reciclagem com o objetivo de duplicar as taxas de reciclagem, desenvolvendo capacidade para um milhão de toneladas adicionais por ano até 2025.

Nani Hendiarti, adjunta de Coordenação de Meio Ambiente e Gestão Florestal do Ministério Coordenador de Assuntos Marítimos e Investimentos da Indonésia, parabenizou a Minderoo Foundation pelo lançamento público da Global Plastic Watch.

"A Global Plastic Watch é muito útil para identificar locais ilegais ou não documentados de despejo de resíduos na Indonésia", comentou Hendiarti. "Isso nos permitiu priorizar áreas que precisam de melhores políticas e ações de gestão de resíduos. Portanto, ela desempenha um papel fundamental na aceleração das conquistas de gestão de resíduos do governo em todas as regiões do país."

A presidente da Parceria Nacional de Ação Plástica da Indonésia (NPAP), Sri Indrastuti Hadiputranto, disse que enfrentar o desafio da poluição plástica na Indonésia, como em muitos outros lugares do mundo, exigirá um esforço de colaboração dos setores público, privado e da sociedade civil, e sua medida não tem exceção.

"A Global Plastic Watch é um agregador de dados e uma plataforma de monitoramento de resíduos plásticos", afirmou Hadiputranto. "É uma inovação oportuna para formuladores de políticas, profissionais e defensores que acreditam na importância da formulação de políticas baseadas em evidências para avançar em nossa meta de reduzir 70% do vazamento nos oceanos até 2025. Acredito que mais inovações orientadas a dados, como a Global Plastic Watch, nos levarão a um resultado de políticas mais sustentáveis e a melhorar as colaborações na coleta de dados na Indonésia."

A Global Plastic Watch é uma ferramenta destinada a apoiar os esforços em nível nacional para entender as magnitudes e os efeitos dos locais de resíduos plásticos terrestres, para permitir que eles abordem melhor os locais não documentados e monitorem aqueles que apresentam preocupações ambientais e de saúde. A expectativa é de que os dados também orientem os investimentos diretos em infraestrutura de resíduos nas áreas que mais precisam.

O desenvolvimento da ferramenta Global Plastic Watch segue o Índice de Fabricantes de Resíduos Plásticos lançado em 2021, que revelou a verdadeira escala e as fontes da crise global de resíduos plásticos.

Globalmente, projeta-se um aumento de 30% na produção de plástico descartável nos próximos cinco anos. A iniciativa No Plastic Waste, da Minderoo Foundation, acredita que esse crescimento na produção gerará 3 trilhões de itens adicionais de resíduos plásticos descartáveis até 2025.

A Global Plastic Watch continuará trabalhando com parceiros para refinar o modelo e a tecnologia de Inteligência Artificial a fim de aumentar ainda mais sua precisão à medida que expande sua cobertura para novos locais e países ao longo de 2022.

Site da Global Plastic Watch: globalplasticwatch.org
Site do projeto da Global Plastic Watch: Minderoo.org/global-plastic-watch/

LINK PARA FOTOS (Senha: k3YBL4TciY) | ENTREVISTAS E CENAS B-ROLL AQUI | 2:17 EDIÇÃO DE VÍDEO COM NARRAÇÃO EM INGLÊS AQUI |

Sobre a Minderoo Foundation:

Fundada por Andrew e Nicola Forrest em 2001, a Minderoo Foundation é uma organização filantrópica moderna que busca derrubar barreiras, inovar e impulsionar mudanças positivas e duradouras. A Minderoo Foundation é orgulhosamente australiana, com iniciativas importantes que vão desde a pesquisa oceânica e o fim da escravidão, até a colaboração contra o câncer e a criação de projetos comunitários.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20220508005113/pt/

Contacts

Imprensa:

AUSTRÁLIA
Shaun Devitt – Cel.: +61 408 437 342 sdevitt@minderoo.org

REINO UNIDO/EUROPA/EUA
Emma Silver - Cel.: +61 447 810 843 esilver@minderoo.org
Robin Pagnamenta - Cel.: +44 7971 237000 robin.pagnamenta@kekstcnc.com

INDONÉSIA
Adra Janitra Hendrawan - WhatsApp: +62 811 1728 210 hendrawan@asiagroupadvisors.com
Dian Widjanarty - WhatsApp: +62 855 8550 809 widjanarty@asiagroupadvisors.com

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos