Mercado abrirá em 4 h 27 min
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,46
    +0,97 (+1,38%)
     
  • OURO

    1.774,50
    -3,70 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    42.406,49
    -825,15 (-1,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.055,65
    -8,20 (-0,77%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.043,13
    +62,15 (+0,89%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.068,25
    +44,25 (+0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1771
    -0,0020 (-0,03%)
     

Glencore vai retornar US$2,8 bi a acionistas em 2021

·1 minuto de leitura
Logo da Glencore fotografado na sede da empresa, em Baar, Suíça

Por Clara Denina e Zandi Shabalala

LONDRES (Reuters) - A Glencore irá retornar 2,8 bilhões de dólares a acionistas em 2021, após um salto em preços de commodities ter ajudado a empresa de mineração e trading a registrar uma performance recorde nos seis primeiros meses do ano, informou a companhia nesta quinta-feira.

A empresa listada na bolsa de Londres se junta às rivais Rio Tinto e Anglo American ao anunciar uma bonança de pagamentos após lucros recordes no primeiro semestre, impulsionados por uma recuperação na demanda por commodities.

"Após os graves impactos globais da Covid-19 no início de 2020, a recuperação econômica subsequente fez com que os preços da maioria de nossas commodities atingissem máximas de vários anos", disse o CEO da Glencore, Gary Nagle, que assumiu o comando da empresa em julho.

Contanto que os preços das commodities se mantenham e a dívida líquida permaneça sob controle, a Glencore poderá ampliar ainda mais os pagamentos, acrescentou o diretor financeiro da companhia, Steven Kalmin.

A Glencore reduziu sua dívida para 10,6 bilhões de dólares, ante 15,8 bilhões de dólares ao final de 2020.

As cifras ficaram dentro da meta de 10 bilhões a 16 bilhões de dólares que a companhia havia afirmado que precisava atingir antes de aumentar o pagamento de dividendos. Em fevereiro, a empresa recomendou uma distribuição total de 1,6 bilhão de dólares; agora, acrescentará mais 1,2 bilhão de dólares.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da Glencore avançou 79% nos seis meses encerrados em junho, para um recorde de 8,7 bilhões de dólares, versus 4,8 bilhões um ano antes. O resultado ficou amplamente em linha com o consenso dos analistas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos