Mercado abrirá em 9 h 12 min
  • BOVESPA

    119.710,03
    -3.253,98 (-2,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.748,41
    -906,88 (-1,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,37
    -0,71 (-1,07%)
     
  • OURO

    1.816,70
    -6,10 (-0,33%)
     
  • BTC-USD

    49.828,20
    -7.917,23 (-13,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.357,91
    -205,93 (-13,17%)
     
  • S&P500

    4.063,04
    -89,06 (-2,14%)
     
  • DOW JONES

    33.587,66
    -681,50 (-1,99%)
     
  • FTSE

    7.004,63
    +56,64 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    27.996,78
    -234,26 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    27.628,73
    -518,78 (-1,84%)
     
  • NASDAQ

    13.054,25
    +55,75 (+0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4087
    +0,0032 (+0,05%)
     

Gláucio Carvalho projeta segunda partida do Botafogo no Brasileirão Feminino: 'Vamos para cima'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Após o empate sem gols contra o Bahia, o Botafogo encara nesta quarta-feira, às 15h, o Real Brasília, no Defelê, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Feminino. De olho na primeira vitória na competição, o técnico Gláucio Carvalho projetou a postura das Gloriosas para o confronto e destacou alguns pontos em que a equipe precisa evoluir.

> Boletim médico: Pedro Castro está recuperado e entregue à preparação física

- Temos que buscar essa vitória fora de casa. Vamos para cima delas, vamos pressionar e buscar o resultado. Precisamos melhorar algumas coisas sim, dentre elas, a intensidade de marcação e buscaremos isso.

Gláucio Carvalho também falou sobre a própria partida de estreia, contra o Bahia. Ele destacou que o Botafogo fez um bom jogo e foi superior ao adversário. No entanto, de acordo com o treinador, faltou ao time ser efetivo nas chances claras de gol para sair com a vitória.

- Jogo de estreia é sempre mais complicado e difícil, tanto no aspecto técnico quanto no psicológico. Mas nós fizemos um bom jogo e fomos muito superiores ao Bahia na segunda etapa. Tivemos chances claras de gol e não fizemos, faltou sermos efetivos.