Mercado fechará em 3 h 15 min

Giulia Gam relembra quando depressão a afastou da TV: "Não consegui gravar"

Lucas Pasin
·2 minutos de leitura
Giulia Gam  (Foto: Reprodução/Instagram @giuliagam72)
Giulia Gam (Foto: Reprodução/Instagram @giuliagam72)

Giulia Gam resolveu falar pela primeira vez sobre algo que a afastou por um tempo da TV: a depressão. Ela, que estava escalada para "Novo Mundo", da TV Globo, em 2017, precisou ser substituída de última hora, e relembra como se sentiu com a doença.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

"Tive uma depressão muito profunda. Achei melhor me recolher. Não tinha segurança para aceitar um trabalho e eventualmente não conseguir levar a cabo. Quando fui fazer 'Novo Mundo' (2017), não consegui gravar num dia. Isso nunca tinha acontecido na minha vida. Fiquei muito assustada. Era um papel maravilhoso, a Carlota Joaquina. Agora, já estou mais segura, tendo mais perspectiva. Acho que estou sabendo elaborar melhor o que aconteceu. Me sinto mais estruturada, com terapia, medicação, essas coisas todas. É a primeira vez que falo da depressão. Sempre falaram por mim. Estou bem, me voltando ao máximo para os amigos e para a família", contou a atriz em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal 'O Globo'.

Veja também

Aos 53 anos, Giulia diz que vários fatores desencadearam o processo da depressão, entre eles a idade: "Senti muita ansiedade e fiquei insegura. Os 50 e poucos são um momento de questionamentos também. E eu vinha do estresse de fazer duas novelas seguidas. Foi um conjunto. Acho que o que as pessoas viveram na pandemia talvez tenha a ver com o que vivi antes: a instabilidade, a insegurança, o medo".

Ver essa foto no Instagram

Rio de Janeiro, andar no calçadão!

Uma publicação compartilhada por Giulia Gam (@giuliagam72) em

Giulia relembra quando sua internação numa clínica para tratar a doença virou manchete nos jornais. Na época, ela optou pelo silêncio: "Preferi deixar passar. Sei que tem a curiosidade, mas achei melhor ficar quieta. Apesar de que não acho que se deve estigmatizar, pela minha experiência, o tratamento psiquiátrico. Mas não me sinto preparada neste momento para levantar uma bandeira. Ainda não tenho tanta autoridade assim para falar mais profundamente sobre o assunto."

A atriz prepara seu retorno aos trabalhos na TV. De acordo com Patrícia Kogut, Giulia foi foi escalada para a série "Mal secreto", do Globoplay. "Quero voltar a trabalhar com segurança, para mim e para os outros. Esse é o maior sonho, a maior vontade", disse ela.