Mercado fechará em 2 h 9 min

Giulia Costa lamenta em aniversário da morte do pai, Marcos Paulo: "Você foi tão cedo"

Emily Santos
·3 minuto de leitura
Giulia Costa e Marcos Paulo. Foto: Reprodução/Instagram @giuliacosta
Giulia Costa e Marcos Paulo. Foto: Reprodução/Instagram @giuliacosta

Giulia Costa, de 20 anos, usou sua conta de Instagram na quarta-feira (11) para fazer uma homenagem ao pai, Marcos Paulo. Na data que marcou o aniversário de 8 anos da morte do ator e diretor, a jovem, que não tem o costume de falar do pai nas redes sociais, emocionou os fãs com uma mensagem especial.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Ela explicou por que não pôde deixar a data passar em branco na rede social: “Eu não gosto de me abrir muito aqui sobre meu pai, infelizmente tem tanta coisa envolvida, mas escrevi esse texto para o dia de hoje porque a saudade sempre aperta, e quis compartilhar. Talvez eu me arrependa, mas está aí”, escreveu ela.

Leia também

Na legenda, Giulia enumera momentos de sua vida em que desejou que o pai estivesse presente. “Você não viveu comigo meu primeiro beijo, meus 15 anos, meu primeiro namorado, minha primeira carteira de motorista, minha escolha de faculdade, meu primeiro trabalho, minhas primeiras responsabilidades”.

A atriz continua: “Hoje é um dia de muitas conquistas pra mim, eu estou me sentindo tão adulta, tão mulher, sabe? Queria que você sentisse isso comigo, e ficasse triste mas orgulhoso porque sua caçula está crescendo”.

Giulia, fruto do relacionamento de 10 anos do ator com Flávia Alessandra, ainda diz que sente falta de Marcos Paulo, assim como de dizer a palavra ‘pai’ em voz alta. “Que delícia de palavra, que delícia de sentimentos ela traz”.

Marcos Paulo faleceu em 11 de novembro de 2012, vítima de uma embolia pulmonar ocasionada por um câncer que ele tratava na época. Além de Giulia, o ator também era pai de Vanessa Simões e Mariana Simões.

Confira o texto na íntegra:

Eu não gosto de me abrir muito aqui sobre meu pai, infelizmente tem tanta coisa envolvida, mas escrevi esse texto para o dia de hoje porque a saudade sempre aperta, e quis compartilhar. Talvez eu me arrependa, mas está aí.

8 anos sem você comigo. Que doideira, quanto tempo... Quanta coisa a gente tinha para viver juntos. Você não viveu comigo meu primeiro beijo, meus 15 anos, meu primeiro namorado, minha primeira carteira de motorista, minha escolha de faculdade, meu primeiro trabalho, minhas primeiras responsabilidades.

Hoje é um dia de muitas conquistas para mim, eu estou me sentindo tão adulta, tão mulher, sabe? Queria que você sentisse isso comigo, e ficasse triste mas orgulhoso porque sua caçula está crescendo.

É claro que eu morro de saudade de você, mas morro de saudade de dizer a palavra pai sabia? Que delícia de palavra, que delícia de sentimentos ela traz.

As minhas fotos suas e com você tão acabando, depois disso vai restar só a memória? E se eu perder a memória? Esquecer algum detalhe? Tenho medo. Fico pensando, você foi tão cedo, levou tanta coisa embora, e deixo tanta também... Só quero seu bem sempre, sua paz, nossa paz.

Que você possa estar descansando onde você está, deixa que a gente cuida daqui. Queria ter mais tempo com você. Te amo, ich liebe dich. Os 8 anos sem você é a infinidade da minha saudade.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube