Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.423,71
    -26,61 (-0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

GitHub libera IA que ajuda a programar para todos os usuários

O GitHub anunciou nesta terça-feira (21) o lançamento final do Copilot, seu sistema de inteligência artificial que sugere códigos e facilita na programação. A ferramenta fica disponível a todos os desenvolvedores, que contam com 60 dias para testarem a solução; estudantes e mantenedores verificados de repositórios de código aberto terão acesso liberado ao recurso.

A todos os outros, o valor é de US$ 10 por mês, cerca de R$ 52, ou US$ 100 ao ano, aproximadamente R$ 520. Com a assinatura, os produtores de software terão acesso ao copiloto que funciona como uma extensão para editores de código, fazendo sugestões em tempo real, apontando erros e facilitando a programação de maneira geral.

De acordo com o repositório, a ideia é que o GitHub Copilot não indique apenas novas linhas de códigos, mas sim métodos e unidades completas, assim como o uso de algoritmos complexos que podem ser úteis para o trabalho em andamento. A inteligência artificial realiza o trabalho reconhecendo o contexto e as convenções do projeto, indicando diferentes opções que podem ser aceitas, rejeitadas ou editadas pelos desenvolvedores.

<em>GitHub Copilot funciona como extensão para editores de código, sugerindo programações completas ou algoritmos e sugerindo correções de acordo com o caráter de cada projeto (Imagem: Divulgação/GitHub)</em>
GitHub Copilot funciona como extensão para editores de código, sugerindo programações completas ou algoritmos e sugerindo correções de acordo com o caráter de cada projeto (Imagem: Divulgação/GitHub)

“A inteligência artificial já tem lugar de copiloto em nossas vidas diárias, ajudando a escrever e-mails, gerando automaticamente álbuns de fotos e auxiliando nas compras com assistência digital. Mas até agora, o processo de melhorar códigos era quase completamente manual”, explica Thomas Dohmke, CEO do GitHub. “Acreditamos que a programação por IA vai mudar fundamentalmente a natureza do desenvolvimento de software.”

O lançamento do Copilot segue um período de testes que estava em andamento desde o ano passado, com mais de 1,2 milhão de inscritos para experimentarem o sistema. Segundo o repositório, um terço dos usuários seguem utilizando a plataforma de inteligência artificial regularmente, o que resultou em quase 40% dos novos códigos liberados em 2022 sendo criados com a assistência da plataforma, em um resultado comemorado pelo GitHub.

GitHub Copilot é gratuito para estudantes e desenvolvedores em código aberto

A gratuidade do sistema de inteligência artificial a públicos específicas é vista pela plataforma como uma forma de agradecimento à comunidade de criadores que não só tornou o repositório uma referência, mas também a própria produção da tecnologia. É por isso que, para estudantes e mantenedores de sistemas open source, o uso da IA não terá taxa alguma.

Os alunos verificados que desejarem participar do programa podem se registrar em um site específico, preenchendo o cadastro e fornecendo comprovações de que estudam em universidade. Já os desenvolvedores de sistemas em código aberto devem receber guias sobre como podem se registrar para utilizarem o Copilot nos projetos, assim como regras de elegibilidade ao programa.

O GitHub afirma, ainda, que a ferramenta também deve ser liberada para empresas em um futuro próximo. A data de chegada do Copilot para corporações não foi revelada, mas o serviço afirma que esse lançamento acontecerá ainda neste ano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos