Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.132,03
    +435,68 (+1,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Gil do Vigor fala sobre negacionismo no primeiro episódio de quadro

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O bordão O Brasil Tá Lascado, que fez sucesso nas redes sociais desde que foi eternizado na 21ª edição do Big Brother Brasil (Globo), virou quadro nas redes sociais de seu autor, o economista Gil do Vigor, 29. Ele lançou o primeiro episódio na sexta-feira (18).

O tema escolhido para a estreia foi o "negacionismo em tempos de pandemia". "Eu falo sobre o perigo do negacionismo e a importância de combatermos esse fenômeno para que o país não permaneça lascado assim", explica o ex-BBB.

Quarto colocado no reality show da Globo, ele explicou por que resolveu criar o programete. "Depois de tantas conquistas e esse alcance gigantesco que ganhei nas redes, não poderia deixar de usar esse espaço para trazer discussões de uma maneira leve e didática", avisou.

"Precisamos de mais esperança no meio desse cenário em que 'o Brasil tá lascado', e eu acredito que isso se constrói com a democratização do acesso ao conhecimento e a construção da criticidade", disse. "Por isso, vou usar esse espaço para falar de assuntos relevantes que podem nos fazer refletir e evoluir, mas com o meu jeitinho regozijado de ser!"

De acordo com a assessoria de Gil, os conteúdos serão veiculados a cada quinze dias. A ideia é chamar atenção para assuntos como política e economia de forma responsável, dinâmica e didática.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos