Mercado abrirá em 9 h 57 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,67
    +0,31 (+0,43%)
     
  • OURO

    1.784,90
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    50.298,88
    -197,77 (-0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.315,88
    +10,76 (+0,82%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    24.224,76
    +227,89 (+0,95%)
     
  • NIKKEI

    28.825,96
    -34,66 (-0,12%)
     
  • NASDAQ

    16.387,25
    -5,00 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2768
    +0,0027 (+0,04%)
     

Gigabyte resolve erros dos chips Intel Alder Lake em jogos antigos com um clique

·3 min de leitura

A principal novidade da recém-lançada 12ª geração de processadores Alder Lake da Intel foi a adoção de uma arquitetura híbrida, que mescla núcleos de alto desempenho, os P-Cores, com núcleos de baixo consumo, os E-Cores. No entanto, o novo design traz um efeito colateral, conhecido antes mesmo do lançamento, em jogos que tragam sistemas de DRM, tecnologias de antipirataria.

Devido à sua natureza, esses sistemas identificam os E-Cores como uma CPU adicional, que poderia estar executando trapaças em paralelo ao sistema principal, e assim impedem a execução do game. A Intel confirmou que está trabalhando com o Denuvo, outros softwares anti-cheat e desenvolvedores de jogos para fornecer suporte oficial à linha Alder Lake, mas assumiu que jogos mais antigos poderiam ficar sem receber updates.

Uma solução alternativa encontrada foi a desativação dos E-Cores através da BIOS do computador, o que requer a reinicialização da máquina. Apesar de funcional, o método é inconveniente, e acaba sendo complexo para usuários mais casuais. Pensando em contornar essa limitação, a Gigabyte desenvolveu uma novidade bastante engenhosa e mais simples para seus usuários.

Gigabyte resolve erros dos chips Intel Alder Lake em um clique

A própria companhia anunciou o lançamento da Gigabyte DRM Fix Tool, ferramenta que habilita e desabilita os E-Cores com um clique, eliminando assim a necessidade de reiniciar o computador e acessar a BIOS. O único ponto que pode ser considerado negativo é a novidade ser exclusiva das placas Z690 lançadas pela marca.

Ao todo, são 26 modelos de placas-mãe compatíveis, que requerem o update de firmware mais recente para que a ferramenta funcione de maneira apropriada. Você confere a lista completa, com o número do firmware necessário, na tabela a seguir:

Ao total, a Gigabyte DRM Fix Tool é suportada por 26 modelos de placas-mãe da marca, que precisam estar na versão de firmware mais recente (Imagem: Reprodução/TechPowerUp)
Ao total, a Gigabyte DRM Fix Tool é suportada por 26 modelos de placas-mãe da marca, que precisam estar na versão de firmware mais recente (Imagem: Reprodução/TechPowerUp)

A Gigabyte DRM Fix Tool pesa menos de 1 MB e não requer instalação, bastando apenas baixá-la através do site oficial da empresa, disponível neste link. Curiosamente, a solução facilita ainda a vida de usuários que queiram tirar proveito das instruções AVX-512, desenvolvida para cálculos de Inteligência Artificial e ativadas apenas quando os E-Cores estão desabilitados, também em virtude de incompatibilidades.

Os E-Cores são desabilitados ao clicar em "Park", algo como "estacionar", e podem ser reativados ao se clicar em "Unpark" (Imagem: Reprodução/TechPowerUp)
Os E-Cores são desabilitados ao clicar em "Park", algo como "estacionar", e podem ser reativados ao se clicar em "Unpark" (Imagem: Reprodução/TechPowerUp)

Ainda que seja uma exclusividade de usuários de placas da Gigabyte, a novidade é muito bem-vinda, e pode acabar influenciando outras marcas a seguirem pelo mesmo caminho eventualmente.

Linha Alder Lake deve ser expandida em breve

Vale lembrar que a Intel deve expandir a família Alder Lake em breve, considerando as recentes informações oficiais, assim como os detalhes apontados por rumores, sendo possível que mais soluções para a limitação dos sistemas de DRM sejam disponibilizadas. A companhia deve lançar as placas-mãe das famílias H600 e B600, o que deve incentivar desenvolvedores e fabricantes a buscarem por correções para o problema.

A Intel deve lançar novas soluções Alder Lake em breve, possivelmente fornecendo aprimoramentos para a incompatibilidade com software de DRM (Imagem: Intel)
A Intel deve lançar novas soluções Alder Lake em breve, possivelmente fornecendo aprimoramentos para a incompatibilidade com software de DRM (Imagem: Intel)

Além disso, alguns dos chips Alder Lake, como o esperado Core i5 12400, podem chegar ao mercado sem utilizar a arquitetura híbrida, eliminando as incompatibilidades e a necessidade de modificar o sistema para contorná-las. Isso pode ser uma boa opção para usuários que não queiram ter o trabalho de desabilitar os E-Cores manualmente, ou que prefiram evitar quaisquer erros nesse primeiro momento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos