Mercado fechará em 2 h 15 min
  • BOVESPA

    123.701,46
    -2.302,40 (-1,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.878,31
    -19,48 (-0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,27
    -0,64 (-0,89%)
     
  • OURO

    1.800,80
    +1,60 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    37.791,59
    -1.554,90 (-3,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    894,07
    +17,84 (+2,04%)
     
  • S&P500

    4.378,76
    -43,54 (-0,98%)
     
  • DOW JONES

    34.948,64
    -195,67 (-0,56%)
     
  • FTSE

    6.996,08
    -29,35 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.086,43
    -1.105,89 (-4,22%)
     
  • NIKKEI

    27.970,22
    +136,93 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    14.795,25
    -322,50 (-2,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1258
    +0,0155 (+0,25%)
     

Gestores de ativos pedem regras claras para investimentos ESG

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Muitos dos maiores gestores de ativos do mundo dizem que está cada vez mais difícil entender algumas das regras que orientam o mercado para investimentos ambientais, sociais e de governança, que movimenta US$ 35 trilhões.

Grande parte da confusão gira em torno da definição do “S” da sigla em inglês ESG que define esses padrões.

Os marcos são geralmente vistos como confusos e isso “se tornará um problema maior daqui para a frente”, de acordo com Rick Redding, diretor-presidente da Index Industry Association (IIA), que tem sede em Nova York.

Ele destaca uma pesquisa realizada pela IIA segundo a qual 56% dos 300 profissionais de investimento na Europa e nos Estados Unidos - alguns com mais de US$ 1 trilhão sob gestão - dizem que enfrentam dificuldade em cumprir os decretos que pretendem direcionar o capital para ativos ESG. Ao mesmo tempo, 85% dizem que o ESG tem grande prioridade.

“O ‘S' está se tornando o problema”, disse Redding, referindo-se ao investimento socialmente responsável. “O que estamos vendo são abordagens regulatórias potencialmente diferentes para o ‘S'” em várias jurisdições, disse.

A preocupação é que “você tem muito menos dados quantitativos disponíveis”, o que torna difícil para investidores apoiarem suas estratégias com números, disse Redding.

Andy Howard, que ajuda a administrar mais de US$ 920 bilhões como responsável global por investimentos sustentáveis da Schroders, espera regras mais claras da União Europeia para ajudar a orientar o setor. Os investidores do bloco já possuem uma taxonomia verde. Agora esperam por uma taxonomia social para ajudá-los a definir e medir o risco social em diversos aspectos, por exemplo, como uma empresa trata os funcionários até a exposição ao trabalho infantil, além de parâmetros básicos como igualdade.

Mas isso ainda levará tempo. Por enquanto, um subgrupo nomeado pela UE ainda estuda o que deveria entrar em uma taxonomia social, e um relatório sobre as conclusões é previsto para o final deste ano.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos