Mercado fechará em 34 mins

Gestoras de ativos alternativos veem retorno de equipes em 2021

Hema Parmar

(Bloomberg) -- Quase metade das gestoras de ativos alternativos não espera trabalhar com equipes completas nos escritórios até 2021, segundo pesquisa recente.

Cerca de 46% dos entrevistados de pesquisa realizada neste mês disseram que o retorno aos escritórios de todos ou da maioria dos funcionários é improvável em 2020. Ainda assim, as empresas esperam que mais funcionários retornem nos próximos meses. Cerca de 61% disseram acreditar que metade dos empregados voltará antes do quarto trimestre.

Empresas de Nova York e de outros centros financeiros dos EUA avaliam quando e como trazer funcionários de volta aos escritórios com segurança, quando cidades reabrem lentamente em meio à pandemia de coronavírus. O UBS disse que um terço de seus funcionários poderia trabalhar remotamente de forma permanente. O Carlyle tem como alvo setembro para o retorno de seus funcionários em Nova York e Washington. Para o codiretor-presidente do Carlyle, Kewsong Lee, períodos prolongados de trabalho remoto podem corroer a cultura da empresa.

Como os casos de vírus têm aumentado em vários estados dos EUA, a crise da saúde pode obrigar algumas empresas a mudar os planos. O número de casos subiu no Texas, Flórida, Arizona e na Califórnia, que na terça-feira bateu recorde de novas infecções pelo quarto dia na última semana.

O escritório de advocacia Seward & Kissel entrevistou cerca de 150 executivos de empresas de hedge, private equity, imóveis e crédito privado, a maioria com sede em Manhattan.

Cerca de 28% dos entrevistados de Manhattan disseram que esperam que sua empresa reduza o tamanho do espaço ocupado nos escritórios, em comparação com apenas 5% de firmas fora da cidade de Nova York.

“Acreditamos que o ambiente da Covid-19 incentivou executivos do alto escalão a avaliar a pegada imobiliária de suas empresas”, afirmou o relatório. As implicações “podem ser significativas” para imóveis em Nova York.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.