Mercado abrirá em 2 hs
  • BOVESPA

    110.132,53
    +346,23 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.200,59
    -535,89 (-1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,01
    -0,70 (-1,53%)
     
  • OURO

    1.818,70
    +7,50 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    17.017,71
    -961,47 (-5,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    331,89
    -38,62 (-10,42%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.355,48
    -35,61 (-0,56%)
     
  • HANG SENG

    26.819,45
    +149,70 (+0,56%)
     
  • NIKKEI

    26.537,31
    +240,45 (+0,91%)
     
  • NASDAQ

    12.188,50
    +36,25 (+0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3329
    -0,0048 (-0,08%)
     

Gestor que remou contra maré agora vê Biden como alto risco

John Ainger
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- James Athey, gestor da Aberdeen Standard Investments, foi um dos poucos que apostaram contra as previsões do mercado de uma vitória confortável para Joe Biden nas eleições dos EUA e de uma provável maioria democrata no Senado.

Agora, enquanto os votos são contados e há sinais de que o resultado não será imediato, Athey redobra a aposta em ativos mais seguros. Ele mantém posições overweight em títulos do Tesouro dos EUA e aumentou uma posição comprada no iene japonês, com a aposta de que a incerteza não será resolvida em breve. O principal risco para os mercados é que Biden ganhe a presidência e os republicanos fiquem com o Senado, criando um impasse político, disse.

“Uma vitória de Biden é provavelmente pior para ativos de risco do que uma vitória de Trump”, disse em comentários por e-mail. “Ainda não vamos ter clareza presidencial por um bom tempo. Isso vai manter o nervosismo em torno do risco.”

Athey não acreditou na narrativa do mercado das últimas semanas - de que as chances de vitória de Trump eram pouco mais de 10% - e ponderou seu portfólio de acordo. Enquanto outros investidores se preparavam para uma onda vendedora de títulos do Tesouro dos EUA diante da perspectiva de mais estímulo fiscal após uma vitória de Biden, Athey foi na direção contrária e comprou títulos no segmento de sete a dez anos da curva de juros.

Athey também disse que aumentou sua posição comprada em títulos australianos na quarta-feira.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.